English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!
Mostrar mensagens com a etiqueta Ordens. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Ordens. Mostrar todas as mensagens

domingo, 10 de abril de 2016

Ok, So You Think That Magick is So Simple?

You won't buy ready magick knowledge at store. Well, may be you was lucky that time when I was with friends blessing the doll to share love blessings.
(the perfume store's owner didn't know it). 



Ok, So You Think That Magick is So Simple? 


One and other time people really work hard to drive me nuts.
Compassion is not infinite, so one and other time is needed to be very clear and direct.


Most of people come to us due some personal reference, articles, foruns posts, etc.

I know there are many who will just use something like Google and try at blind and forget to look for references. Yes, they forget to use the same Google to search info about who is who. Ok.

So most often, they have some idea who I am and who others are.

Then people come to me asking for help or guidance, because some problem, pay for a reading and what happens?
Here the funny start. Well, some are not funny.


There are a lot of people who receive the needed information and we have a decent talk.
One or other time some additional magick work is done, here I'm including some hard cases, but if I accepted to do it, let's work.
Some like to come each year for a personal update for a new year or because new events in their lifes. They get what is needed, learn and follow on.

But sometimes.... people expect fantasies or are too deep on some pre-made ideas, like the ones they got at some cheap magazine. 

So, I got the inspiration to write about some sugestions I do, as some of that can appear simple.
Such solutions can have two different reasons:
1) I won't use an atomic bomb because a bug.
2) Need learning to know when to do it.

So be be sure I won't use a truck when a bike is the suffice or I can just walk.

So, in a reading I most often write a long text based on what I can talk in a one hour tarot (or any other oracle) reading (and I talk fast). Add many hours editing, adding comments, examples, etc.
That is sent to the client and... 

Well, remember, I'm commenting about the sttuborn, fantasy based ones,

Then I have some typical replies:

1) Oh no, my problem is not that! I'm sure I'm being attacked by the biggest dark forces!
Reply - Too often they are just under some kind of bug size problem, being anxious or fear and only need a herbs bath or stop with some bad habit.

2) Oh no, your proposal is too simple! I won't do that because my problem is too big and nobody knows what to do!
Reply - First they ignore a specific direct reply about what the problem is. Most of times they do nothing because they want something related with the size of their stupidy. They have not done the bigger options too and won't even try the simple direct solution I pointed.

3) Oh no, I didn't read your reply because I disagree it, but may be you can try this, that or whatever else?
Reply - A serious work can't be done by chance. There are two possible approachs: 1) The problem is something knew. 2) The problem have something that need to be explored, but again, knowing how to go after it.

When I point something, is my point of view and experience. For sure I don't know all, but I have some decades on many areas to recognize my limits when needed. 
So, if there are something to explore, I will point it by myself and explain what are the next steps to explore.
But a lot of times, most of all, I'm pointing some specific reason, what to do, why and how.

And some of that appears to be simple.


What is simple on magick?
It's something specific and clearly related with the results needed.

But in no way this is the same as a easy solution nor something cheap.

And see, simple is not the same as "basic".
For example, a basic candle magick is light a candle and do a prayer.
By other side, a simple candle magick is light a proper color candle, use a specific psalm at same hour for some days.


Most great inventions of mankind, including the art world, are simple.
Remember the Archimedean lever?
He risked his life for suggesting something so simple to his King.

And what is that? A rod and a point of support. That is simple.
And today we all know that the lever is a key part in all modern technology.

But finding a simple solution is not always easy.



To find a solution you first need to evaluate it.

And how you evaluate human life, social groups, companies and why and when magick is more or less related with the life needs?

This comes with learning and practice.


Information is useless without practice.
Practice without learning become only mechanic and lack the "art" to act in better ways.
Remember, good magick is not brute force.

To get magick power you must study, practice, review results, observe and learn from others works. And practice a lot for a long time.

So, many of that popular texts, including newage, witchcraft, mysticism, etc., are just a copy and paste, without the needed reasoning. You will find lots of examples, really generic on popular spells and ways to do this or that.
But where is the knowledge to say what you really needed?
It's like self-medication. It can be a big risk. The doctor is the one to tell you what is really needed. And some of them may goes wrong or need to work more on the case. 

Magick is not something you start today and tomorrow you are the Ooobaa-boobaaa Grand Magister. This is children fantasy tales. Or just charlatan easy talk (and I knew a lot).


One of the most important aspects of practice on magick is creating relationship with the spirits you work with.
Such relationship is not result of worship, or just repeating something like a parrot.
This comes from being respectfull with the spirits and receiving the same from them.
This is the first.
In no ways this means becoming slave of some spirit.
A spirit must respect you as friend or equals.
You never, but never are a pet for such forces.

Have you gone to some place where they does not respect the spirits or try to force you to be submissive? Some use sweety words, or even become your fake friends. Run from that like hell!

This is simple? Yes. But sometimes your life can become a hell despite you be sure to being respectfull at all areas and doing all the right things. Yes, spirits and people can be very persuasive.

Well, shit happens. I'm a kind of expert because I have been cheated a lot too. Hard times, learning under suffering. But I survived.


Many of the material I wrote about troubles and the risks when mixing magick practices at the "Ritual Offerings" book came as the result of learning under the worst conditions.
I had the most absurd strange events, learnings because under bloody and extreme suffering, being cheated, personal life destroyed, friends going crazy and companies going on severe trouble events, all due something used by fake priests and corrupted spirits trying to steal what we was doing.
And, this happened even with some decades of experience. Compassion can't be infinite. I was cheated and saw closer friends being harmed to learn that. And be sure that was not something simple to see what was happening and being unable to do more to avoid that.

Be sure, the nice moment photo at start does not show what was against us. We was on good times, near something better a lot. But things was going rotten under our feet and I had three years more living on hell to discover why things stopped working and why my friends got crazy too and we was even unable to talk. That was a severe storm that costed really a lot, a real fuck. And after that years, it still needed many years more after the hidden forces being revealed just to start a move to get rid of it. To be clear, more than a decade fighting against that. All because corrupted spirits and fake priests I trusted as friends and since the begining thinking I was learning something.

Note: I allow anyone who is a good decent person, a real priest/magician to do a reading about me to see if this is true. Be warned about that spirits will try to attack you trying to get a "feed" source.


Well, I really learned a lot of simple things that can prevent or even remove some really bad conditions. And 99,99% of that are not at any books nor most priests will talk to you.

Yes, I can talk because while I was being cheated, they forgot to take from me a previous secrecy compromise. So I can talk.
For sure, in respect with the good ones, there are things I won't comment and that are not related to this article nor the material for the book I posted.
The magickal world is really wide and have lots of nice and wonderfull things.

So, I'm today more aware about how things can turn to dark times but also, how many suffering can be avoid.
The most the troubles was worse, I learned after years that many of that have simple ways to solve using magick ways.
But until that, terrible times, doing all I was able to do, I had gone many times to hospitals at extreme sufferings with doctors going crazy because they had no idea what to do, absurds happening at all areas.
And this happened even with more than two decades of previous learnings at other areas before.


Because this too, I learned a lot of simple solutions. And that was paid with blood and suffering from many people I loved. It is simple?

Yes. That are simple when related to the specific point. Just use well the resources when needed.



At previous comment at item (3), I repeat a solution is not something to try by chance. Sometimes the events need to be explored.
Get this? In no ways "try to see what happens" is a good solution. It's like Russian roulette.


How much deeper I had explored? For sure not all, but I've gone in life where really few in the world have gone. I say the good and bad sides.  I knew wonders but also, many levels at the hell.
Be sure I know some who have gone further too and they deserve my full respect.


Even with all previous experiences, one or other time we can see something is really wrong, but the sources are hidden.
There are many ways to spirits and magick works got hidden. And what people do too. Just repeating, charlatans and scammers can do a real mess using manipulation. Some are real psychopats.

Some spirits are very good to show hidden things. But some things only will be seen if you have been at that area or know some of that area spirits. Who do you know at some of the Asian sorcery traditons? This have nothing with the nice meditation schools, most are far away from western practices.
As I cited spirits, this means some troubles need a formal ritual on magic to evoke spirits to help to find what's happening and this means a lot of resources and time to explore that. This example is not a case for a normal Tarot reading but one and other time, someone will really need this. And be sure it's not cheap as demand a lot of work. 

Back to the most "near" hidden sources that are not so difficult to find, we see that really many people can be cursed an entire life and not being aware of that. Some think they are unlucky, others have already a craz life and found to have a lot of troubles to be "normal".

A simple brush is the tool to created a work of art.
Photo by Lauren RW - USA
So the first level is what the client can see.

But the next level is what I can see.

People come after me because I see something they can't, using my inner vision, oracles like the Tarot plus decades of personal experience under extreme rosly trainings at few known paths.
And most of times I've replied to people just based on what I see. I explain that like a kind of psychometry, but related to any source of information.

The magicians vision (including intuition) is something each one develop in many different ways. This vary according with their expertize level, but even some magicians with strong powers may have not developed the same as others.
Reading oracles is not just learning symbols and repeating that like parrots. Each oracle is a door to the spiritual realm and is needed personal development for the capability to enter at that levels. The symbols meanings, are part of the knowledge to be explored in practice.


So, it's Ok. Lets follow.
One and other time the problem needs to be explored just because something is really hidden or the magician may have not knowledge about that area or the source used something trying to be hidden. Well, some are ridiculous while others can be, say, creative.
Yes, I say each area have proper symbols, meanings and at the spiritual planes, that can be really different. 
For example, at a reading some symbols of the oracle maybe unseen or not part of the magician training. As an example, a flying bird say nothing to a Wall Street executive but can means a lot for a shaman or a sorcerer.
And even with all information I get, sometimes there are some hidden things to be revealed during a ritual. This means I have to deal with that and this can cost me a lot. But this is part of the task with one and other exception when I will need to negotiate with the client. 

Get this? I will do the best I can, but not commit a personal suicide because the client.
I can warn about the danger, but I will not jump together in the abyss if the person insists on moving on.


For sure I don't know everything, but I have worked very deep in many areas to be confident on what I can do. If not, I'm the first to say I may need to explore it more or even, suggest someone else I know who will work better at that area.


Because all this I need to know what, for what, when and how things work.

What today is simple to many people have not been for centuries.

And the simple methods, are not  always related to complexity, difficult degrees.They are related with developing wisdom, good sense and the right time to use.



To finish: here another aspect a magician need to develop: to be simple.

And you, wanna reach that highs?


At the most higher levels, we discover the power of simple solutions.
Photo by Bernhard Siegl - Austria



.'.


terça-feira, 8 de novembro de 2011

Como Fazer Parte de Alguma Sociedade Secreta?

Tempos atrás, um joven fez a seguinte pergunta num fórum de debates:
"Eu apenas tinha conhecimento da maçonaria até entrar nesse forúm, mas percebo aqui que há muitas outras. Gostaria de saber se há algum modo de me juntar a maçonaria por exemplo, ou se são eles que vem a mim como já ouvi falar."

Foto: Jacob Chen

Meu comentário:

As pessoas são convidadas, mas de forma sutil, para que possam ter seu direito de manifestarem-se favoráveis ou não, a possibilidade de receberem um convite. Ou seja, através de conversas, com uma ou mais pessoas, avalia-se a disposição (e disponibilidade) da pessoa.

Então, da forma como entendo, existe um convite sim, mas sempre de forma velada.

Voltando ao tópico original, se a sociedade é secreta, ou "discreta", o máximo que uma pessoa pode fazer é aspirar algum dia ter as qualidades e características que combinem com aquela.

Não basta querer, é necessário um "porquê" sincero, um coração preparado, uma mente em linha com alguns princípios.

Este conjunto de características pessoais, na maior parte dos casos, é suficiente sinalização para que membros de alguma ordem venham a manifestar interesse por você. Andar por aí acenando bandeiras do tipo "quero entrar nesta ou naquela ordem" só servem para atrair um tipo de atenção indesejada, além dos costumeiros oportunistas, sempre prontos com seus discursos fáceis e laia típica de vendedor.

Se for seu caminho, posso apenas sugerir que pratique meditação, que estude obras que engrandeçam sua alma e ampliem seu horizontes, eventualmente assista alguma palestra sobre temas tão diversos quanto culinária, literatura, poesia, ciências, artes, saúde, etc.

Participar de grupos "místicos" pode ajudar um pouco, pelo menos a nível de entendimento e aprendizado de convivência. Mas o principal, mais provavelmente será através da sua vida no mundo "normal".

P+
28/11/2004

.'.


Leia Também: 
Que Sociedade Secreta eu escolho?
Magia: Join Us - Junte-se a Nós! (humor)
Artigos sobre Sociedades Secretas
Artigos sobre Meditação
Artigos sobre Magia

.'.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Sociedades Secretas, Satanás e Bandas de Rock

Foto: Sara Ray

Perguntaram num fórum de debates:

Qual a relação entre as bandas de Heavy Metal e as Sociedades Secretas?
Por que algumas músicas dessas bandas de Heavy Metal induzem subliminarmente os individuos a valorizar algumas Sociedades Secretas?
Existe alguma relação entre Sociedades Secretas, Satanás e Bandas de Rock?

Meu comentário:

A relação entre sociedades secretas e grupos musicais de qualquer estilo, seja Heavy Metal, Pagode, Clássico, romântico italiano, etc., são as mesmas: Todas tem a possibilidade de que seus participantes sejam pessoas participantes ou interessadas no assunto. E tanto quanto estas mesmas pessoas estejam interessadas nalgum outro assunto qualquer.

Sobre indução subliminar, entra muiiiiiita ficção, delírio, imaginação, "invencionice", suposições infundadas, devaneios, chutes descabidos e uma salada confusa de informações supostamente "cientificistas" que se apoiam principalmente na citação de personalidades que ninguém ouviu falar ou notoriamente dogmáticas nalgum ponto de vista discutível.
Claro que existem estudos e trabalhos sérios sobre mensagens subliminares. Mas se fosse algo tão verdadeiro como alguns tentam apregoar, teríamos uma enchente de bandas de hiper-sucesso simplesmente colocando suas frases de efeito numa determinada frequência de vibração harmônica que entre em ressonância com as pessoas.

Sobre a relação com o rock, é uma grande estratégia de a mídia dizer que o diabo é o pai do rock. Isto vende, e muito! É que nem colocar mulher de biquíni na capa naquelas coletâneas de música popular.

Tem um livro sobre musicoterapia, prefiro nem citar o nome do sujeito, um dos poucos nacionais infelizmente. É um terrível pela mistura de opiniões e preconceitos pessoais explícitos. O sujeito fala de música satânica com a autoridade de um fanático, citando exemplos como: Black Sabbath, ABBA e BEATLES. Interessante notar que o autor cita Wagner (adorado por Hitler) como boa música.

O que é satânico para um, pode ser a religião de outro. Só para citar um exemplo, vide muçulmanos extremistas e cristãos extremistas falando uns dos outros.

Lembrem muitas igrejas, cultos, religiões, também colocam mensagens sutis, subliminares ou não, nas suas músicas.
Mensagens do tipo "sem esta crença sua vida será uma desgraça!" são a legitima ameaça ou até uma praga rogada para as pessoas.

Deus é o mesmo para todos.

Quantas vezes viu-se a perseguição de alguém simplesmente pelo fato de ser bom naquilo que faz?
As inquisições existiram em várias nações e ainda acontecem.

Então se ficou bonito e bem feito seria obra do diabo? Então que "deus" (em minúscula) seria este que aquelas pessoas cultuam se o tal "deus" não admite a beleza? Não é o próprio criador de tudo, o Grande Arquiteto de todas as coisas?

Talvez por isto certas linhas religiosas, fazem questão da feiura, com suas mulheres de cabelos mal cuidados, algumas peludas feito macacos, ou escondidas em toneladas de panos toscos e homens que parecem um poste peludo com roupa.

Um pouco de cuidado pessoal creio eu, não faz mal, pelo contrário. Se o criador nos deu este corpo, o mínimo que podemos fazer é cuidar bem dele.

Muitas vezes a perseguição do belo, foi justamente por que a influencia da beleza, da harmonia, da criatividade, poderia estimular pensamentos mais livres. E para os que desejam escravos, nada pior do que uma mente capaz de pensar por si mesma e que descobre do imenso potencial de que dispomos.

E claro, muitas vezes a perseguição da beleza devia-se justamente a não disponibilidade desta para, digamos, os interesses pessoais dos seus perseguidores. É o famoso "se não posso ter para mim, então que seja eliminado". Citando um exemplo, é o caso típico quando os que detinham poder queriam uma bela mulher e esta se negava. Se negasse, era o diabo que estava tentando o sujeito. Se aceitasse, ele se livrava da culpa por ter sido "enganado" pelo diabo.

Claro que vaidade em excesso, luxúria em excesso, qualquer coisa em excesso pode deixar de ser algo bom.

Mas se a natureza do criador te dá o ar que respira de graça, por que não te esforçar para usar este ar criando uma frase bonita, uma canção? Se a natureza te oferece cores, por que não criar pinturas e colorir teu mundo, tuas roupas?

A própria noite possui sua beleza.

O que vai determinar se algo é bom ou ruim, são as intenções.


Foto: Robert Chan (Singapura)



.'.

Leia Também:  

.'.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Abrindo uma Ordem Secreta

Fazem muitos anos, um grupo de valentes jovens decidiu empreender uma jornada e criar uma Ordem iniciática.

É um passo fácil de se anunciar, mas difícil de se manter.

Mas o que dizer a quem olhando a frente e encarando os perigos e dificuldades da difícil senda esotérica decide mesmo assim continuar?

Bem, sendo o caso, achei oportuno.

Congratulei a nova Ordem pela coragem de empreender tal caminhada.


As ordens iniciáticas, muitas vezes originam-se de fraternidades que buscam um objetivo em comum, tendo estabelecido um acordo ritual ou pacto entre seus membros.

Naquele caso, o grupo em sua maioria era composto de jovens da ordem Demolay (filhos de maçons) e da Ordem RosaCruz. Então eles tinham uma idéia sobre o que estariam fazendo.
Certamente era mais um grupo para estudo e crescimento mútuo.
E para ficar bem claro, tem algumas "confrarias" tem até um funcionamento semelhante e não visam apenas prazeres ou atividades mundanas.

Mesmo que as ordens tradicionais geralmente sejam estabelecidas a partir de grupos de Mestres ou equivalente nível de preparo, e que se rúunem em comunhão de alguma causa em comum, creio ser possível, com coragem, lealdade, determinação e um sincero amor pela sabedoria e pelos demais membros, iniciar um grupo de trabalho para empreender a jornada a que se proporem.

Eu poderia citar como exemplo, o livro O Senhor dos Anéis, em que forma-se uma ordem (A Sociedade do Anel), em que seus membros não são mestres, mas discípulos e até neófitos numa busca que é muito mais espiritual que qualquer outra coisa. O grupo contava com o acompanhamento e monitoração de grandes mestres, e fica claro ao longo do livro, que estes por sua vez, formavam um outra ordem, encarregada de proteger os grupos menores.

Evitemos confundir com grupos formados a partir de um Mestre ou Sacerdote, que trabalham na caminhada espiritual, incluindo religiões e seitas e muitos grupos de magistas.

É necessário ter claro que os passos sejam claros e definidos, as regras internas aplicadas incondicionalmente sem favorecimentos deste ou daquele, a autorregulação e vigílias constantes para proteger seus conhecimentos, principalmente, contra os erros internos.

Por isso, contar com mentores e protetores para guiar e orientar seus passos, seja com aconselhamento, seja pelos ensinamentos é sempre oportuno. E claro, contanto que estejam em vibração harmônica com os ideais buscados. De nada adianta fazer uma "salada de ensinamentos" apenas por que são bonitos. Um parágrafo daqui e dali é como fazer um castelo com restos de todo tipo. No máximo, o resultado será algo exótico.

Meus votos foram para seguir com coragem e principalmente: compromisso.

Comprometimento com o que se faz é fundamental. Significa que você está disposto a fazer o que for necessário e correto para se manter  no caminho escolhido.

.'.

Leia Também:  

Artigos sobre Sociedades Secretas.
Artigos sobre Meditação


.'.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Que Sociedade Secreta eu escolho?

Pergunta: Estou interessado em participar de uma Sociedade Secreta, qual a mais adequada?

Resposta:

O que é adequado para um pode não ser para outro.

A quase totalidade das sociedadades maiores buscam seus membros exclusiva e únicamente por convite direto. Isto é, você é observado, conhece alguém que se interessa por você e pode vir a sugerir seu nome.


Este é um processo que normalmente pode demorar muitos e muitos anos.

Oferecer-se é na maioria das vezes, a certeza de que não será aceito.

Algumas ordens tem suas portas abertas nos níveis externos, onde a pessoa terá a oportunidade de um estudo mais aprofundado, conhecer práticas, exercícios, desenvolver capacidades pessoais.

Existem é claro, as seitas, em que alguém arregimenta pessoas para seu séquito pessoal. Infelizmente, isto ocorre em quase todas as áreas.

Qualquer comprometimento de sua parte sem saber exatamente aonde está colocando os pés, seu tempo e dinheiro, é um fator de risco.

Sociedades, religiões, grupos, etc, que tentem lhe empurrar o argumento de "confiar na fé" (mas entrar cegamente), devem ser colocadas sob desconfiança máxima.


Imagem: White Sh@dow
No seu caso, eu sugiro a Ordem Rosacruz, com sede em Curitiba. Os diversos graus externos vão lhe propiciar muito com o que trabalhar e, se for seu caso, ajudará a conhecer pessoas de outras áreas, outras sociedades, que eventualmente, poderão ampliar seu círculo de conhecidos, palestras, estudos, etc.

O site da ordem é: http://www.amorc.org.br



.'.



Leia Também:  

Artigos sobre Sociedades Secretas.
Artigos sobre Meditação

.'.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

M.I.C.T.M.R.


Muitas pessoas vêm esta sigla postada em todos lugares, inclusive como adesivos colados em automóveis.
Bem, nem sempre isso quer dizer que aquela pessoa seja realmente um membro da Maçonaria.

Isso mesmo!

É bom lembrar que cada vez mais as pessoas copiam todo tipo de informação, e algumas vezes até pretendem se apresentar como sendo membros iniciados nalguma sociedade fraterna como a Maçonaria.

Lamento, boa parte não são. Apenas estão copiando material que encontraram, sabe-se lá aonde e repetem feito papagaios sem nem ao menos saberem do que se trata achando que vão ganhar algo com isto. Sim, são os famosos oportunistas.

Os maçons se reconhecem entre si por sinais, palavras, toques, etc.
Então é pouco provável que alguém consiga se apresentar como tal sem realmente ser membro da ordem. Esqueça as cenas de filmes de fantasia.

Mesmo que alguém encontre nalgum site da internet cada uma destas palavras e sinais, ainda assim não vai saber qual o contexto como são empregados. Ou seja, você até pode encontrar estes símbolos, mas não vai saber como realmente são usados.

O resultado pode ser realmente cômico quando alguém tenta usá-los.

Só para citar um dentre tantos, faz algum tempo um conhecido de tempos (um neófito de anos que também supostamente estuda magia) me convidou para uma Happy-hour, e se pôs a falar sobre todos os graus que já tinha alcançado na maçonaria, incluindo fazer fofocas de loja maçônica sobre o comportamento desta ou daquela pessoa (que eu conhecia e não reconheci nada do que foi falado). Bem, conversamos durante quase duas horas, e em nenhum momento ele percebeu os sinais que passei. Aliás, sequer respondeu ao mais básico cumprimento inicial. E mesmo que eu tivesse citado de cara, ele estava entusiasticamente falando justamente da mesma potência maçônica que eu fazia parte então as coisas que ele falavam eram claramente tipo fantasia de filme de ficção, onde o mocinho veste uma túnica sobre a cabeça e entra num secreto ritual. Até ri um pouco com isso, mas é de chorar o quanto as pessoas buscam informações para se promoverem no seu trabalho profissional. Sim, muitos dos clientes dele pensam que ele é maçom (não é mesmo) e só por causa disto depositam confiança no trabalho dele. Cegos querendo guiar outras cegos.

Mas voltando ao significado da sigla, mesmo que alguns tantos citem versões, em hipótese alguma isto por si só vai lhe dar algum conhecimento ou poder.

Maçonaria é uma grande escola de desenvolvimento pessoal. Certamente, como qualquer grupo de pessoas no planeta inteiro, existem pessoas que não estão afinadas com seus objetivos, são as frutas podres que sempre existem. Mas estejam certos de que o resultado verdadeiro vêm apenas do seu verdadeiro e próprio desenvolvimento. Falcatruas podem trazer resultado imediatos, mas nunca terão raízes e é certo que algum dia os fortes ventos da verdade vão colocar a prova e cobrar por isso.

São tantas as áreas a estudar e principalmente praticar na sua vida pessoa, todos os dias.


Então, temos este significado que pessoalmente acho muito adequado:

M.I.C.T.M.R. são as iniciais das palavras (em latim) que compõem a expressão:
Mens In Corpore Tantum Molem Regit:

Tradução:
"A mente rege a grande massa corpórea" 
ou, 
"A mente domina o corpo".
O que você faz no mundo é resultado do teu aprendizado pessoal (a mente). De nada adianta trabalhar apenas os aspectos da matéria se a mente e o espírito não estiverem no comando e com a necessária sabedoria para isto.

Ah sim, tem uma outra versão bem popular, que é até uma piada entre maçons, mas quando usada, mesmo assim terá que ser usada dentro de todo um contexto de sinais que mudam a cada situação. Então não é algo que se possa repetir sem ser imediatamente descoberto.


Para o não iniciado, o significado da sigla entre maçons nunca será determinado corretamente, nem sua abrangência. As pessoas são mais do que palavras.

Você facilmente nos dias de hoje vai encontrar outros significados para esta sigla.
Mas certamente este é o mais importante. O que se relaciona ao desenvolvimento pessoal.
O outro, como eu disse, só terá sentido se você realmente souber quando e como usá-lo. Mesmo que seja uma piada entre irmãos não é apenas algo a ser repetido com futilidade. Isso faz parte de um ato inteiro, um conjunto de gestos, sinais e ações e que estejam dentro de uma expressão maior que cada caso apresenta e só pode ser corretamente respondida por quem sabe de que se trata. 

Mas é interessante estudar esta frase como apresentada, pois muitos são dominados pelos sentidos, pela gula, pelos desejos, pela matéria.

A frase é um bom indicador de que devemos desenvolver nossas boas qualidades ao invés de sermos apenas dominados pelos anseios imediatos da matéria.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...