English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!
Mostrar mensagens com a etiqueta Motivação. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Motivação. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 9 de julho de 2014

A Verdade! Copa 2014 - A Culpa é do Pessoal da Informática!

World Cup Italia
Foto: MrTiddleywinks

A Verdade! Copa 2014 - A Culpa é do Pessoal da Informática!


Está bem, não costumo comentar futebol, mas vou falar a verdade.

Apesar de alguns acharem engraçado quando falei da grande conspiração por trás da Copa do Mundo, que envolve muito dinheiro, política, religião, sexo, poder sem limites e a atuação silenciosa de grandes organismos internacionais e até dos extra-terrestres infiltrados, como os Reptilianos (sim eles estão lá) e dos grupos vindos de Nibiru (o Planeta X), tudo se encaminhou como falei anteriormente por alto nalguns fóruns de debates.

E o resultado é tremendamente óbvio. Publicarei mais nalgumas das revistas em que já participo como comentarista.

A culpa é do pessoal da informática. Sim, aquele pessoal da empresa que vive reclamando das máquinas tão velhas que precisam aparelho auditivo, da falta de recursos, dos sistemas de pelo menos de uns dez a vinte anos atrás e sem investimentos sérios.
Todo mundo entende que automóvel sem manutenção quebra. Mas os sistemas de informática da empresa tem que evoluir de alguma maneira sózinhos não é?

Sim, a culpa é dos caras da informática.

Claro que isto não inclui aquele geniozinho, filho do amigo do primo do chefe que tem um super-mega-equipamento, dois monitores de 40 polegadas 3D só para video games e porno liberado na madrugada e que sabe "tudo" de rede social.

Claro que a culpa tem de ser do pessoal da informática.
A seleção brasileira assim como qualquer empreendimento precisa deles.
Foi o pessoal da informática que sabotou.
Se o pessoal da informática ajudasse, como dizem os oportunistas, todas partidas seriam ganhas sempre. Que absurdo eles reclamarem da falta de recursos. Se o carro para no meio da rua porque está sem gasolina, é pura má vontade do pessoal da informática. 

Vejam, é uma situação comum, mas mais uma vez ardilosamente utilizada pelos ambiciosos que não medem conseqüências contanto que satisfaçam sua luxúria por poder mesquinha e vil.

E por quê é culpa do pessoal da informática? É óbvio, os elementos são os mesmos de várias décadas. São quase quatro décadas que vejo o mesmo e estudando os trabalhos anteriores, isto apenas se confirma.

Tantas vezes, acionistas e diretores, preferem dar maior atenção para alguns queridinhos que prezam mais. Muitas vezes os mesmos que causam o maior prejuízo com negociatas absurdas. Mas ainda assim, são mais queridinhos por algum motivo.

Aqui uma dica importante de negócios: A pior coisa é apostar numa boa idéia se você só tem uma boa idéia.  Cadê o plano B, C, D???

Então o plano único dá algum problema. O grande astro do queridinho do chefe.

Na verdade, o pessoal da informática tem duas dúzias de ótimas alternativas, mas nããããooo!!!  O pessoal da informática nem é ouvido e muito menos consultado. Ora bolas, pensam eles, todo mundo sabe que computador é algo mais milagroso que todos Mestres da humanidade juntos. É só aprender alguma sigla como "XML" num cursinho que o queridinho ganhou (foi mesmo é bater papo) e isto é uma sabedoria suprema maior que tudo. Computador adivinha qualquer coisa, tem telepatia, cura leprosos e cegos e caminha sobre as águas. Aqueles acham que milagre é fácil, não precisa ter fé, apenas gritar bem alto sua pompa.

Aí chega o momento. Ignoram-se as idéias e alternativas, os preparativos,  e na última hora, sem aviso, quando muito ao final do dia anterior, aquele que se acha o eleito dos deuses aparece de repente com uma mudança geral, para trocar todos de lugar, surgem de repente funções que nunca foram tentadas.
Bota o cara da direita na esquerda, desorganiza tudo e não admite que o responsável pela área faça seu serviço.

E o único teste obviamente será justamente em tempo real, numa situação que pode prejudicar mais ainda o empreendimento. Ou enterrar de vez.
Teste? Bobagem. Computador faz milagre e se não fizer, é culpa do pessoal da informática que não ajuda. Mesmo que o ar condicionado da sala dos servidores tenha queimado faz dias e todas carcaças velhas que estão lá dentro comecem a cheirar a queimado.
Bobagem!


Obsolete
Foto: Dezeray - Tomrad Photography -Canada

Isto acontece nas mais diversas empresas, pequenas, grandes, "fashion", as que tem tecnologia atualizada (pelo menos nas matérias pagas), cadeiras decentes, onde o ar condicionado funciona, os salários são dignos e a equipe não é só de novatos, ou que trabalham enlouquecidos até pifarem e serem descartados. Acontece em toda parte. Com certeza é sabotagem do pessoal da informática.
Já comentei noutros artigos sobre o estrago que sofreram grandes fabricantes de tecnologia em situações semelhantes, perda de criatividade, má gestão, planejamento ineficaz.

Aliás, é bom lembrar, está prometido por mim faz muito tempo um artigo chamado "Por que os grandes talentos não querem trabalhar na sua empresa". É um trabalho já publicado internacionalmente e que terá acréscimos meus.

Na hora de tirar vantagem e jogar a culpa, não muda muito. Empresa pobre, empresa rica. Time grande ou pequeno. É tudo empreendimento e que precisa de administração decente.

Claro que ajuda muito a equipe, ter algum tipo de motivação. Falo de motivação de verdade e não de "tapinha de merda" nas suas costas quando os queridinhos se deram bem com seus trambiques e a equipe se ferra.

Vide artigo "A Turma da Arquibancada" que dedico aos que fazem por merecer, os que batalham por mérito de ideais verdadeiros. 

Mas o que vemos é que interessa mesmo é o resultado individual para os queridinhos, o prazo e a promoção da vaidade de uns poucos. Dane-se a empresa. Os planos ficam por meses escondidos na gaveta de quem vai se promover, já com a intenção de ser ganhador em qualquer situação.E faturam seu dinheirinho sujo.
Na hora do jogo, pressão e mais pressão. Obviamente os queridinhos gritam que estão sendo pressionados.

Mandam o chefe da equipe calar a boca e acatar a opinião dos assessores e consultores  que estão a serviço sabe-se lá quem, mas foram postos ali por algum motivo, quem sabe, ter certeza de que o plano verdadeiro vai dar certo.

Se por acaso o milagre acontece, a máquina não quebrou, mesmo com programas feitos com a tecnologia mais obsoleta possível, e ainda funcionarem de algum jeito, ou então a mais moderna tecnologia mas sem treinamento e recursos necessários der algum resultado, um golzinho individual no fim do jogo, mas que os oportunistas usam para fazer uma maquiagem... então, é óbvio que o resultado positivo foi obtido "apesar" do pessoal da informática.

Uns poucos ganham. E danem-se os outros. A champagne está garantida para os queridinhos. 

E aí o resultado. Os adversários chegam treinados, preparados, com uma tecnologia usada seriamente, investimentos e abordagem sérias. Valorização da equipe como equipe. E sem mudanças de última hora.
E o chefe da equipe deles não teve um machado no pescoço no último momento, apresentado pelos queridinhos e seus amigos.

Mas o treinador, digo, o chefe da informática seguidamente sofre isto, em tantos e tantos empreendimentos. E a equipe vai junto. Depois se a empresa é vendida para a rival por falta de criatividade, é porque o mercado pressionou muito.

Se o programa, digo, o jogo não funcionou milagrosamente, sem nenhum teste prévio, é claro que a culpa é do pessoal da informática.

Mas e tudo o mais que houve? Danem-se! A culpa é do pessoal da informática e pronto. Todos os outros, principalmente os queridinhos, estes não aparecem. Ficam posando apenas para as fotos bonitas e bebem champagne, independente to resultado.

Se você usa computador, é claro que sabe que a culpa de todos seus problemas é do pessoal da informática, aqueles malvados preguiçosos que não pensam no bem estar dos queridinhos, digo, da empresa, e que acham que merecem comer, vestir, ter uma vida digna. Bobagem.

Fui aluno do Luis Felipe nos anos 70 e por todas estas décadas, ele sempre me cumprimentou como a todos. E sempre fez seu papel. E lá ficou agora segurando o pincel.

Perdeu o jogo por que? Óbvio, o pessoal da informática é culpado por tudo.

E mais uma vez, o encarregado tenta segurar a bomba sózinho.


.'.

domingo, 25 de agosto de 2013

Sucesso na vida e estar em paz consigo mesmo




Be happy

Foto: Ana (AlliDzi) - Poland



Sucesso na vida e estar em paz consigo mesmo


A esperança das pessoas muitas vezes reside no simples fato de querermos que outras façam por nós aquilo que não temos coragem (ou disposição) de fazer para nós mesmos.

A alegria do estar suavemente relaxado junto de alguém que se ama, ou estar atento ao canto dos pássaros, pode representar o ideal para alguns. Para outros, o realizável está ainda na área da busca do conforto físico, da busca pela saúde, no anseio de ter acesso à coisas mínimas e indispensáveis para a sobrevivência.

Como poderia alguém relaxar e contemplar quando sequer pode vislumbrar além do prato a sua frente?
De forma alguma, a questão da alimentação, da moradia, dos estudos, viagens, e todas as coisas do mundo material, podem ser consideradas como preocupações dos mais humildes. É uma crença falsa, explorada secularmente de que apenas os pobres ou menos favorecidos pela existência, assim como as vítimas de tragédias, sejam os atingidos pela aflição da falta de recursos materiais.

A qualidade das coisas está na maneira como as encaramos. Temos pessoas de bom nível de renda, com tantos ou até mais problemas do que aquelas consideradas miseráveis pela pobreza. A maior miséria de todas, está na incapacidade do ser humano em se relacionar com a riqueza, na separação dos sentidos básicos de prazer, de satisfação pessoal, de autoestima, de valorização de si mesmo como criatura evoluída.

Os humanos evoluíram como uma espécie que teoricamente deveria estar acima das demais, pelo menos neste planeta. Acontece que, se um rato de esgoto já nasce com seu próprio casaco de pele, porque os humanos, mesmo que em frente a vultuoso patrimônio, sofrem e são incapazes de abastecerem a si próprios com o mínimo necessário?

Desfrutar daquilo que se tem é a primeira e principal lei a ser observada por todo aquele que busca realização e independência.
De nada adianta acumular fortuna, se vives de maneira miserável. As pessoas incapazes de gastar adequadamente parte daquilo que ganham, de forma merecida e justa para satisfação e premiação de seu corpo, sentimentos e pensamentos, naturalmente experimentam de outras formas o que significa a retenção monetária.
O dinheiro é uma forma de energia, assim como os alimentos, as palavras, as emoções, as águas que correm livres. Um exemplo típico de retenção está na prisão de ventre. Gente miserável, o famoso pão-duro, isto é, que recusa-se a gastar (ou dar) o que deveria, normalmente tem problemas graves de retenção dos próprios dejetos (prisão de ventre). Um mau sinal, indicando também o tipo de pensamento que está retido, o estado emocional da mesma forma fica bloqueado. Lei de causa e efeito: a maneira como circula o dinheiro, indica como estão as relações emocionais. Economia nem sempre tem a ver com cuidados apenas consigo mesmo.

Gastos abusados também indicarão uma tendência a perdas descontroladas, tanto emocionais, quanto de líquidos do corpo, ou de amizades frívolas e sem sentido.

Tantas coisas diferentes apenas mostram as múltiplas faces da vida humana. Se permitimos que coisas novas entrem em nossas vidas, estamos permitindo a circulação da energia em nossas vidas.
Por que o universo vai te dar algo novo se fica te agarrando as coisas velhas?

Digamos que a energia venha do Sol. Esta maravilhosa estrela de onde teve origem nosso Sistema Solar nos dá luz, calor, prana vital. Esta energia vêm até nosso planeta, que é nossa base material. Recebemos a energia solar e apoiamos nossos pés na terra para podemos crescer. Assim como árvores que fortalecem e aprofundam suas raízes, devemos ter nossos laços com a terra mãe para poder elevarnos cada vez mais alto em direção aos céus, ao espaço. Experimente saltar para cima sem apoiar-se no chão. Será impossível.

Esta força é a mesma que nos fornece a vida, que nos indica a forma de agirmos em relação ao que recebemos e como podemos e devemos repassá-la, de forma a que tenhamos o verdadeiro proveito da experiência da circulação e ampliação da energia, seja ela qual for, tenha o nome ou a apresentação física, emocional, mental ou espiritual que seja correspondente.

Os relacionamentos, serão como estar com nós mesmos. Aquilo que tu dá para ti, é o mesmo que dá para os demais. Têm a mesma qualidade.

Observa a Lei Universal de Causa e Efeito. Lembramos dela por causa do famoso carma (que não é bem assim, algo a ver com pecado como pensam). Porém, a negatividade e a opressão de interesses às vezes externos, nos aponta sempre o aspecto destrutivo, a invalidação, a negação. O sistema te recorda continuamente que se fizeres isto ou aquilo, serás castigado, roubado, lesado, punido, agredido. Desperta! Causa e efeito vale para qualquer tipo de manifestação.

Recebes o fruto daquilo que plantas. Isto é o que está escrito. Se tens atitudes, gestos, pensamentos e ações negativas, com certeza receberá algum tipo de retorno também negativo para ti. Porém, quando ages, pensas, sente, compromete-se e cumpre com tuas manifestações positivas, com toda segurança terás resultados positivos.

Aquilo que tu plantas, podem ser ventos, discórdias, inveja, insegurança. Algo em que vais tropeçar mais adiante.

Mas se preferes plantar a semente de teus mais lindos sonhos, se divulgas atos luminosos, palavras positivas, atos construtivos, o resultado beneficiará a ti e, com certeza aos demais.

Recorda: para ajudar aos demais, deves ajudar primeiro a ti mesmo. Pela lei de causa e efeito, como pode ajudar alguém sem fazer primeiro por ti? Como pode amar ao próximo sem amar teu próprio corpo, tuas emoções, teus pensamentos?
E como pode amar o feio, o que houver de ruim em ti? É necessário evoluir.

A lei de causa e efeito funciona porque estamos enviando (dando) uma energia para o universo. Esta energia será revertida de alguma forma para nós. Portanto, tens que fazer por ti primeiro, caso contrário, agirás de forma falsa e mentirosa, mesmo que tua intenção seja outra. Simplesmente, estarás enviando cartas vazias para o universo. Como se fossem envelopes vazios. Tu tens que preencher estes envelopes com tuas mensagens, teus pensamentos positivos, tuas construções e obras.

E que são estas obras? Serão as realizações de tua própria vida. Quando te presenteias toda semana com algo para ti mesmo, algo singelo, como um doce, uma pausa para descanso, ou talvez, sempre que puderes, algo de muito valor, estás criando uma energia que será refletida.

Quando compartilhas com teus amigos a delícia de uma celebração pelo colorido de uma tarde ensolarada. Se buscas teus ideais e sonhos com verdadeira vontade de tornar-se vitorioso para que outros possam te seguir.

Se empreende dia a dia tua caminhada pela liberdade e queres que todos venham contigo, luta por ti mesmo, encontra a pegada certa, o apoio sólido, um caminho que te leve ao mais alto cume. Tudo isto será multiplicado pelo universo.


Alguns passos do caminho

Cada pessoa tem sua própria identidade. Busque tua própria verdade. Seja você mesmo.

Como?

Muito antes da busca pelo Nirvana, temos múltiplas opções.

Cada pessoa deve conhecer seu próprio corpo, seu funcionamento, sua alimentação.

Conhecer o mundo onde mora. Para conhecer teu ambiente externo, tens que te relacionar contigo mesmo.

Quando te relacionas contigo mesmo e com teu ambiente externo, podes então conhecer e explorar as relações entre as pessoas.

Quando compreendes as bases da amizade, do companheirismo, iniciam as relações mais profundas. Nascem as relações de família.

Da família, se origina o clã. Do clã familiar surge a vila. Das vilas vêm as cidades. Destas formam-se os estados e países. Um dia, deixaremos de ter divisões políticas (linhas no papel) para termos então verdadeiras relações de irmandade entre os povos. Como imensas famílias.

Neste momento, em que estamos próximos a outra mudança de milênio*, o que podemos fazer de verdadeiro quanto ao nosso mundo? Simplesmente ajudando pelo cumprimento de teu próprio papel, da melhor maneira que puderes. Com ações positivas. Cada pessoa têm sua missão, suas metas, seu fardo de tarefas a cumprir para o bem de todos.

(Nota: *o artigo foi escrito em 1997)


Se tu queres verdadeiramente evoluir, conseguir tudo que aspiras na vida, abandona imediatamente as palavras negativas.
Busca aprender a observar tua mente e transformar os pensamentos negativos de forma a que possas criar coisas novas.
Já se criou destruição demais.
Ajude da melhor forma possível que é a seguinte: simplesmente não crie mais coisas negativas.
Se não tens palavras positivas a dizer, simplesmente não fale. Simplesmente isto.
Uma boca fechada, é melhor que uma boca lançando destruição. Mesmo que te creias com razão, prefere o silêncio.
Nada se constrói a partir do negativo. Usa em teu próprio favor a lei de causa e efeito.

As pessoas não alcançam o que querem, simplesmente por não acreditarem que seja possível, ou por desmerecimento. Porém a luz do Sol está aí para todos não está?

Recorda sempre, que se queres algo com verdadeiro amor, com sinceridade, se o que desejas é justo, planta a semente da criação.

Tu mereces tudo o que existe no mundo. Se tu queres, podes. Se podes, mereces.

.'.

P+
05/06/1997
 

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Seus Melhores Amigos: A Turma da Arquibancada




Seus Melhores Amigos: A Turma da Arquibancada

Fazendo um comentário sobre um post de uma amiga no Facebook que trazia o seguinte:

"Posso ser sincero?
Não escute as pessoas negativas. Junte-se a quem enxerga a vida com bons olhos. Alie-se aos que lhe amam de verdade e que curtem seu sucesso. - Marcos Meier"


Lembrei-me de uma palestra que assisti nos anos 90 em que falaram sobre as pessoas que são a tua turma da arquibancada e escrevo a partir desta idéia.


Alguns têm a turma do bar, da farra, dos bons momentos. Ninguém está muito preocupado com você, independente do assunto. Estão apenas passando o tempo, sem mais nada para fazer, sem futuro, sem consciência. Pode ser legal no momento, mas na primeira dificuldade tu estarás sozinho e vai descobrir que plantou sobre pedra, não terá nada para colher, ninguém para segurar tua mão.

Outros têm a turma que participa a sua própria maneira, daquilo que fazem. São aquelas pessoas que gostam de você e do que tu fazes. Torcem por você.

Veja, quando existe uma boa meta em que acredita e essa vale a pena, tu te torna como uma estrela mostrando o caminho que tu fazes para outras pessoas.

Você pode ser um atleta ou uma pessoa que decide tocar um pequeno negócio em frente ou gostaria de ser pintor, escalar montanhas ou quem sabe, fazer algum trabalho social para outras pessoas. Falo das pessoas que fazem alguma coisa a mais na vida, as pessoas que saem do lugar comum. Buscam uma profissão, um estudo, aprimorar a si mesmos, vão se tornar meditadores ou tornarem-se bons naquilo que fazem. Alguns serão grandes campeões famosos. Outros não serão famosos, mas poderão ser os melhores naquilo que fazem.

E estas pessoas terão seus amigos e pessoas que as conhecem e que apreciam o que é feito. Eles formam a torcida, os que te apoiam, mesmo que a distância ou com palavras de apoio.

Elas fazem sua parte incentivando, torcendo, amando. Essas pessoas não entram lá no campo, ou vão escalar a montanha ou atravessar noites estudando. É você quem faz a parte dura. Eles ficam assistindo, torcendo e rezando por você.

E elas são uma das partes mais importantes e mais bonitas de tudo. Um dos grandes prêmios que as pessoas recebem. São justamente elas que te fornecem motivação, incentivo e apoio quando precisa.

Se necessário vão te cobrar e estimular para melhorar. Mas são justamente aquelas pessoas que vão estar ali, com sol ou com chuva.

Veja que elas se alimentam da tua luz e retribuem com seu carinho. É uma troca.

As pessoas que buscam fazer algo em suas vidas vão perceber estes torcedores. Comparando com quaisquer modalidades esportivas, estas pessoas se organizam, alugam ônibus, pegam hotel ou até acampam se necessário, fazem camisetas, criam gritos de torcida, se precisar levam até água para os jogadores. Acho que este é um dos motivos que fez do time do Íbis Sport Club ficar tão famoso. Diz-se que é o pior time do mundo


E é o pessoal da arquibancada que mais vai comemorar cada conquista tua.

E se o que tu busca é o melhor para ti os demais, o prêmio ao final vai ser de todos.

Quando um alcança o topo, todos os que estão na caminhada vão se beneficiar, pois esta luz se propaga. Todos estarão ligados, imagine uma grande corrente humana onde uns apoiam os outros até que um deles chegue lá na ponta e toque no céu que está buscando. Como uma corrente elétrica, essa energia vai se irradiar até a base.

E este é um dos grandes e mais simples segredos para o sucesso: ser agradecido pelo que recebes. Cada pessoa na sua caminhada poderá ser como uma pedra que ajudará na tua subida ou para que tropeces. Então cuide de quem conheces. Mesmo os que te prejudicarem terão feito algo que te estimulou a resistir e ter mais motivos para persistir e continuar na caminhada.

Aprecie sempre os que gostam de você, compartilhe o que faz e o que recebe.

Lembre que uma parte do que você recebe deve sempre ser compartilhada com os demais, incluindo para aquelas pessoas que tu não conheces, mas que necessitam de ajuda.

Aspire alto e deixe que os demais saibam o que tu faz, de forma transparente sempre. Assim nunca temerás que caiam as máscaras, pois ser verdadeiro consigo mesmo é uma tarefa difícil, mas a pessoa torna-se bela quando aceita seus próprios defeitos e trabalha para superar ou seguir apesar deles.


As pessoas estão vendo o que tu faz. E vão gritar a cada sucesso. E vão estimular a cada dificuldade. Haverá momentos em que vão chorar por você. Mas estarão lá.

Deixe que elas entrem na tua vida porque tu também farás parte da vida delas.

Quem é a tua turma da arquibancada?


P+
24/10/2012

Do meu livro: Chegando no Amor.

.'.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Ter dinheiro e sofrer. Hora de mudar isto!

Money Can't Buy Happiness
Artista: Kimberley Joanne Sinclair (UK)


Não desperdice sua vida com riquezas materiais.
Não perca sua vida sendo apenas um objeto na vida de alguém.
Não se venda a servir os prazeres mundanos que qualquer dinheiro sujo pode comprar.
Lembre que você não está só.
Não sofra só.
Diminua seus problemas pela metade.
É fácil e só precisa de um gesto seu para esquecer de vez de metade desta carga.
Divida seu fardo de dinheiro comigo que eu me encarrego de tirar esta parte do problema da sua vida.
(risos)
*Esta é uma campanha desinteressada pela melhoria de qualidade de vida de quem sofre e não precisaria passar por isto.


.'.

Gilberto Strapazon
25/10/2012

domingo, 23 de setembro de 2012

O mundo é do tamanho do teu pensamento

Waiahuakua Sea CaveHawaiian Island of Kauai
Foto>Na Pali Riders (Havai)



Não pense que conhece tudo, a natureza sempre te reserva algo novo.

Então isto também vale para sua vida, teu espírito é ilimitado como o universo.

Busque sempre expandir seus horizontes.




.'.





sábado, 22 de setembro de 2012

Esteja com Quem Gosta de Você

Fique tranquilo, é um amigo meu filho.
Foto: Autor desconhecido. Localizada em página do Wimp.com no Facebook


Esteja com quem gosta de você. 

Nosso espaço mais próximo é sagrado.

Quando aprendemos a escolher quem pode estar nele também estamos praticando autoestima.

Cuidando da nossa autoestima também damos chance a agradáveis surpresas,
descobrir o belo que está por toda natureza.


.'.


21/09/2012
Gilberto Strapazon (Sw. Prabuddha)

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Arrumando a Casa, Mente e Espírito

House on The Tree
Arte: O-l-i-v-i - Moscow, Russia



Muitas pessoas pensam que qualquer prática espiritual, mesmo que um pouco mais apurada, vai trazer logo de cara grandes sensações e resultados fantásticos.

Alguns até reclamam da falta de espetáculos pirotécnicos.

Realmente podemos ter belas experiências em curto prazo, existem várias práticas que são muito boas e bonitas, que fazem parte das diversas doutrinas.

Mas quando nos voltamos para dentro de nós mesmos vamos encontrar primeiro, aquelas bagagens que acumulamos, e que muitas vezes é um monte de coisas que estão nos atrapalhando.

É necessário arrumar a casa primeiro. Tanto a limpeza interior e exterior é necessária.

Você precisa limpar a casa da alma.

Como toda limpeza, logo de início nos deparamos com a sujeira que acumulamos.

Mas com um pouco de trabalho, logo teremos a casa limpa e pronta para começarmos o grande trabalho de por coisas novas.

Com as portas e janelas desimpedidas a luz entra, o ar se renova. Gradualmente trocamos a velha mobília, a vida se renova.

Com o tempo, vamos percebendo que mesmo as pequenas coisas, têm grandes qualidades em nossa vida.

Os que buscam a Luz, seguramente vão tornar sua vida um jardim florido.

Basta trabalhar para isto. Semear, cuidar da terra, regar e acompanhar o ciclo das estações.


.'.

terça-feira, 5 de junho de 2012

O Custo de Não Gostar dos Fãs/Clientes da Empresa

Foto: ..Looking Glass


Meu comentário a respeito de matérias citadas nestes sites

"Externar o amor e a admiração por uma marca extrapola as questões tradicionais de proteção à marca que nós, profissionais de marketing e comunicação, estabelecemos para nós mesmos. Que mal faz se um fã desenha um coração, cola em cima da sua marca e resolve criar um blog tendo isso como símbolo?"
Mauro Segura, autor do blog A Quinta Onda



Meu comentário


O maior custo de uma empresa é a burrice.

Só imagino o que vai acontecer se na mesma onda, os fabricantes de automóveis começarem a mandar fechar todos os clubes de amantes de carros e os milhares de sites dedicados a eles.
Vão mandar fechar também os blogs e sites de apreciadores de vinho, os que gostam de moda.
E chegando ao delirium supremus, vão mandar fechar todos fãs clubes de artistas para preservar a imagem.
Ninguém mais vai poder usar camisetas com logotipos pois uma pessoa feia/alta/baixa/linda/cética/religiosa/nariguda/careca/etc. poderia prejudicar a imagem the empresa.

Para atitudes ridículas, nada mais explicativo do que exemplos que só não são tão ridículos porque pelo menos estes exemplos são apenas exemplos e não atos que foram feitos realmente demonstrando uma visão de mercado no mínimo ridícula. Depois falam que a economia e o governo é que atrapalham os negócios e despedem os funcionários (que também eram clientes) para cortar "custos".


Geralmente um blog, twiter, o que for feito por um fã do produto muito dificilmente poderá vir a ser identificado como sendo the própria empresa.
Acho algo bem paranóico e extremista achar que ninguém pode nada. Claro que precisa olhar o site/blog por mais de meio segundo para notar a diferença.
Só que aí precisa cérebro que funcione e não apenas estatísticas compradas nalguma agência de publicidade qualquer, com ou sem publicitário socialyte.
Cliente não é intocável com certeza e muito menos empresa. O seu argumento parece é o tipo de posicionamento que temos visto de tantas empresas (que andam quebrando aos montes) que não aceitam serem criticadas e consideram clientes como suas propriedades.
Claro que certas empresas como por exemplo, as de fornecimento de energia elétrica para a população tem monopólio e são exclusivas do setor, então as pessoas praticamente não tem escolha, a menos que comprem painéis solares.
Mas isto não vai durar para sempre, acredite.
Pior, esquecem que já estamos no século XXI e que graças a internet, estas coisas não são mais varridas para debaixo do tapete.
Trataram mal sim uma pessoa que voluntariamente divulgava o produto. Acharam ruim? Podiam ter sido NO MÍNIMO educados ao invés de passar o pé pelas mãos mandando advogado passasr intimação no melhor estilo CARTEIRAÇO.
O Iberê Rodrigues, era FÃ dos produtos the Mercur e tinha apenas alguns milhares de seguidores no Twitter que se interessvam. Mesma balela de proteger a marca.
Só esqueceram de proteger justamente seu ganha pão: os clientes. Eram só 15 mil que gostavam e demonstrar isto deve ter sido horrível para empresa.
Repito meu comentário publicado noutro site: Mais um caso de Fã de produto que recebe uma notificação destas. Mesmo caso do José Antonio Oliveira que criou o blog NokiaBR que mantinha, a seu próprio custo e por gostar dos produtos. A própria empresa mandava material para ele. Até que um dia, eu disse, um dia, em 2010, algum advogadozinho de um departamento do tipo que nem sabe o que se passa na empresa mandou uma carta no mínimo imensamente grosseira (pelo desatino cometido), mandando fechar o blog sob a balela de proteger a marca.
O blog muito provavelmente ERA apenas a melhor fonte de referência no país para esses produtos. Perderam milhares de fãs e um de seus melhores divulgadores.
Cadê a FIDELIDADE destas empresas?
Proteger a marca é atirar em quem voluntariamente fazia uma ÓTIMA propaganda, e não por ser grátis, mas por FALAR BEM? Credo!
Não se trata de pagar agência de publicidade para empurrar imagens bonitinhas como muitas empresas fazem.
Trata-se apenas de uma das coisas mais difíceis de se conseguir e manter: a (ex-)boa imagem the empresa.
Perderam só alguns milhares de clientes que vão passar a olhar com mais atenção os produtos da  concorrência. Se as pessoas tiverem opção para trocar de fornecedor de energia elétrica a empresa vai mudar o discurso?
Que tal uma concorrência verdadeira? Estes milhares de clientes que também não gostaram do acontecido e vão olhar outros concorrentes sem tanto apego e interesse, pelo menos não vão correr o risco de ouvir desaforo de empresa mal agradecida.
Exemplo de péssima comunicação empresarial, desconhecimento e descaso com sua ÚNICA fonte de renda.
Empresa privada não tem teta do governo nem monopólio que dure para sempre.
Para quem não sabe, por acaso essa única fonte de renda são seus clientes.
Mas o que é perder alguns milhares de clientes para quem (ainda) tem milhões de clientes? AINDA tem.
Dois anos depois, a Nokia está bem mal das pernas e esta é uma entre tantas pedras dos ALICERCES que eles próprios chutaram para bem longe.

É uma das coisas que acontecem quando se coloca a empresa na mão de tantos novatos, ou carreiristas ou bonitinhos especialistas em fazer gráficos. Ou simplesmente o poder sobe a cabeça.
Quando escrevo no meu blog sobre consciência falo justamente do fator HUMANO, the interação REAL que deve haver.
Uma empresa é um organismo social, sujeita as mesmas leis que qualquer organismo vivo.
É fácil ser uma empresa grande. Difícil é ser uma Grande Empresa.
Acabaram os tempos de dominar o mercado só pelo tamanho. Tem que ter conteúdo de verdade. E aprender que essa mesma internet que tantos 'executivos faz-de-conta' acham bobagem, tem uma memória e alcance muito, mas muito grandes.
Vocês empresários lidam com pessoas. Vocês mesmos são pessoas.
Gostariam que seus filhos levassem um pontapé na cara só porque eram fãs de um produto? E neste caso, você continuaria a usar estes produtos?

.'.

.'.

sábado, 12 de maio de 2012

Meditaçao Empresarial - Sementes de Pontos de Vista

Falta a visão maior nos gráficos.Uma foto pode informar mais.
Como você olha para isso, quem fez e o resultado, o que transmite?
Ilustração: SEOServicesCumbria


Meditação Empresarial não se trata de transformar sisudos executivos para que vistam fantasia de monge, sentem-se de maneira desconfortável (para eles) em lindas almofadas indianas numa sala decorada para parecer um ambiente de lojinha esotérica repleta de fumaça de incenso.

Meditação é voltar-se para dentro de si, encontrar o silêncio interior, descobrir o universo em si mesmo. Mas são tantas maneiras, técnicas, métodos, escolas de pensamento. Culturas muitas vezes tão diferentes das que conhecemos.

Para muitos é maravilhoso apreciar ao vivo outras tradições e participar de sua vida espiritual.
Passar alguns meses em contemplação na Índia, se alimentar da imensa energia dos Fiordes da Noruega, mergulhar nas trilhas e cavernas da Chapada Diamantina, voltar-se para dentro de si contemplando as grandes Pirâmides que existem em vários locais do planeta.

São tempos que podem causar uma grande evolução pessoal e espiritual. Mas o lugar não vem junto na bagagem. Porém trazemos o fruto da vivência.

A pessoa volta, transformada, diferente, algo foi descoberto em si mesmo.


Acontece que cada local, cada país, cada região tem sua própria energia. Não é apenas a paisagem e o idioma que muda.

Toda uma cultura social é diferente a poucos quilômetros de distância do local em que você vive. Um bairro é distinto de outro.

Existe algo mais nesta diferença e não são apenas as pessoas que habitam aquele lugar que fizeram isto.

Existem energias na natureza, cada local tem seus elementais que evoluíram ali por milhões de anos.

Podemos captar suas energias e ir lá nos alimentar de vez em quando.

Mas onde vivemos e trabalhamos a energia é outra.

Então o que fazer? O que ocorre?

O ponto a observar aqui, é que podemos mudar nossa percepção das coisas. Abrir a visão.

Note bem: mudar a percepção. Abrir os olhos para o mundo exterior e interior. 

Essa mudança de percepção é o que falta em tantas empresas, que acabam sufocadas por suas próprias limitações. 

Gosto de meu trabalho desenvolvendo software, mas isso é algo que tem como objetivo final o próprio ser humano. A empresa é apenas um meio para que algo seja realizado. Então voltamos ao ser humano. 
Um dos hábitos que tenho no meu trabalho, é andar por todas áreas da empresa e apenas olhar as pessoas. Isso faz toda diferença no meu trabalho. Quando olho as pessoas nas suas atividades, estou vendo o que fazem, como se sentem, como interagem com as demais, se suas atividades fluem naturalmente ou se tem problemas. O mesmo para as relações humanas no trabalho, muitas são resultado justamente dos próprios problemas da empresa. E é claro, a computação, a tecnologia da informação, faz parte disso. 
Isso é uma forma de meditação em movimento. 

Lembre: a tecnologia da informação deve servir as pessoas, e não as máquinas. 
É muito interessante notar o quanto os sistemas da empresa revelam como são os aspectos emocionais e pessoais da direção da empresa, inclusive seus familiares. É como olhar um mapa neural que vai desde o topo até o ponto mais periférico.


É muito fácil ser um monge num remoto mosteiro isolado no Tibete. Mas e na cidade, em sua casa ou na empresa? Na sua vida diária?

Voltando então ao gráfico que ilustra o início deste artigo. É apenas mais um desenho limitado.

Pergunto: e se você mudar a visão dos seus negócios, seu ponto de vista,  fizer coisas diferentes, enxergar o seu mundo de uma maneira diferente?

A imagem abaixo reflete melhor e de forma muito mais abrangente o que seria transformado num gráfico comum.

Vôo de balão sobre os férteis campos do Nilo, Egito.
Um gráfico comum lhe daria uma idéia assim daquele país?
Foto: © Libyan Soup

Pergunto: Como é que você conhece e avalia seu mercado? Estatísticas? Quem sabe aquelas maravilhosas pesquisas de opinião feitas por alguma agência que está mais preocupada em garantir o contrato, assim vai fazer de tudo para lhe agradar, como uma cortesã de luxo que só faz o que você gosta?

Quantas vezes por mês você sai do escritório e faz algo realmente diferente? Você andaria neste balão para ter uma visão completamente diferente e enriquecedora de sua atividade?

Posso sugerir pontos de vista, sacudir sua cabeça, debater sobre algo. Não se trata de apenas concordar e sim de buscar o despertar.

Coisas simples do cotidiano, podem ter reflexos em todas suas atividades. Por exemplo, aprender a abençoar a comida antes da refeição, agradecer verdadeiramente pelo momento, já é uma imensa mudança na vida de muitas pessoas. Aquele instante torna-se sagrado e isto terá resultados noutros momentos. Até de forma inconsciente, pois colocamos um ponto de observação e disciplina que te faz observar por alguns instantes o que está fazendo ao invés de apenas enfiar a comida goela abaixo. 

Quantas vezes você para alguns instantes para meditar antes de iniciar uma atividade? A simples "Meditação Minuto" é algo que pode mudar muito seu grau de atenção e interesse antes de cada atividade.Ou você é daqueles que pula de uma reunião para outra sem ao menos ter um único minuto para você? Quanto este único minuto de pausa pode custar? 

Quem sabe gastar um único minuto para refletir? Veja, quantas e quantas vezes chegamos nalguma empresa, para um grande negócio e a recepção parece a ante-sala do inferno? Recepcionistas cheios de tarefas que deveriam estar noutro departamento, e que mal tem tempo para receber as pessoas dignamente? Sabe aquela recepção que agora tem de distribuir correspondências, fazer todo tipo de trabalho administrativo e quem sabe, se sobrar tempo, atender quem chega? 
Tenho certeza que não é nenhuma novidade se você foi num empresa grande, e ficou literalmente plantado esperando que a recepcionista tivesse tempo para lhe atender, e mal humorada. Sabe o que é isso? Prejuízo! Seu cliente, fornecedor ou visitante imediatamente vai mudar seu estado de humor para defensivo e até agressivo.
Alguém achou melhor economizar o salário de outro funcionário, sobrecarregou a recepção e com isso, seus clientes e fornecedores tem uma imediata e inevitável péssima impressão de sua empresa. A economia de algum outro salário compensa o que certamente vai ser um negócio perdido ou mal feito? E certamente o que se vai gastar em publicidade depois vai ser muito mais caro.

Um minuto mal aproveitado, ou usado em excesso pode custar a perda de tantas horas, meses, quem sabe todo um trabalho!



Entende porque falo em mudar sua percepção? 

São sementes que vão crescendo. 

Mas lembre, não se pode impor isto sobre as pessoas. 
Nenhum método vai lhe trazer resultados se não forem algo que tenha crescido de dentro para fora no coração de cada um. É por isso que tantas metodologias fracassam rapidamente, porque a maioria delas, apenas força as pessoas a agirem mecanicamente, como máquinas, destruindo sua capacidade e criatividade.

Empresas criativas, produtivas, só acontecem quando existe um verdadeiro fluir.

O que você quer na sua empresa? O fluir de um encanamento forçado por bombas mecânicas (e que vão certamente quebrar) ou o fluir livre dos rios?


.'.

Leia também:

.'.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Aprenda a Receber

Respirar é a mais completa forma de meditação.
Foto: Danijel Šivinjski

A natureza em todos os momentos nos oferece tudo e nem sempre sabemos receber.

O próprio ar que respiramos nos é oferecido e isto pode ser elevado simplesmente recebendo com alegria a energia da vida.

E podemos fazer uma das maiores mágicas, simplesmente retribuindo este ar que recebemos, falando uma palavra gentil, recitar uma poesia ou cantar uma bela canção.

O amor da vida está em todas as partes.

Para aprender a dar, primeiro devemos aprender a receber.


.'.

Meu comentário publicado no blog do Paulo Coelho: Enchendo o Copo Alheio

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Sementes de Alegria: Fale Uma Coisa Boa Por Dia

Foto: sheilaz413 - Beijing, China
Todo dia, em qualquer lugar, sempre vamos encontrar alguém pronto a dizer algo negativo, sobre si próprio, sobre o mundo, sobre nós.

É fácil encontrar alguém que vai te dizer que tu não podes, não merece, que já viu outros quinhentos mil fracassados como ele tentarem o que tu está fazendo e se frustrarem.

Nossa mente é condicionada pelo não, pelo feio, pela miséria.

Minha sugestão permanente, como forma de reprogramação pessoal é bem simples:
"Fale uma coisa boa por dia".

Isto vale para qualquer pessoa. E vale também para qualquer empresa. 

Não precisa ser várias coisas, apenas uma. Acho que podemos lembrar-nos de falar algo bom, sobre algo, ou alguém, a cada dia.

Se você acha difícil, e realmente é muito difícil mudar nossa estrutura de pensamento, procure falar uma coisa boa por semana.

Apenas uma! São alguns segundos que farão diferença.

Falar uma coisa boa por dia pode ser um comentário positivo, uma poesia para animar o coração, uma piada para liberar os músculos no trabalho, uma elogio fazendo carícia em alguém.

Se cada pessoa falar uma coisa boa, imagine a força que isto traz numa população de milhões!

Coloque um papel na parede, ou no espelho do banheiro, para lembrar. 

Mas atenção, o cérebro quando está negativo é astuto: Se você colocar no espelho do banheiro, poderá evitar ir ao banheiro!

Mas nunca desista. É apenas um comentário, uma única frase por dia.

Faça apenas com a intenção de manifestar Luz e positividade.  .

É como plantar flores e frutas que trarão boas coisas para você e para todos.

Eu sinto falta de mais Empresários (com "E" maiúsculo), pessoas de empreendimento, visão, criatividade, construtores de mundos.

Simplesmente administrar um "business" qualquer e com isto faturar alto é fácil apenas enquanto durar a "boquinha", pois logo a concorrência arrasa com a empresa. Vide por exemplo, o que escrevi quando o Steve Jobs se foi e o que está acontecendo, uma mediocridade muito previsível e um final logo a seguir que será patético.

Difícil é fazer da sua atividade algo que traga progresso e evolução verdadeiros (nada a ver com oportunismo) e abra novos horizontes.

Portanto, para as empresas, simplesmente divulgar algo realmente positivo, sem usar isto como propaganda ou institucional, traz bons resultados crescentes. Veja bem: não se trata de usar marketing para inventar frases de efeito. Tem de ser algo pessoal, verdadeiro. Isto se multiplica por toda sua área de negócios.

Pense por um instante o que representará alguns segundos de cada um, colocando luz no trabalho, na comunidade, no mercado.  

Primeiro serão sementes de alegria, que como as gotas de chuva, criarão rios e mares luminosos. 

Serão as sementes das árvores da fortuna, da saúde, da alegria, da Luz. 

Depois a cada dia, serão a irrigação das sementes plantadas e o próprio cuidado para que continuem a crescer e trazer frutos.


.'.

12/Abril/2002 - Originalmente publicando na Arte_Magicka

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Quem disse que tartaruga não sobe em poste?

Isto é algo que dizem que tartaruga não faz!

Nem sempre as coisas são impossíveis. O que falta, são um desejo profundo de realizar algo, acreditar no seu sonho e lutar por ele.

Assisti um documentário, acho que na Discovery, de um cego que subiu as montanhas do Himalaya. Claro que teve ajuda para não se perder, mas ele tinha que caminhar pelas próprias pernas.

Eu mesmo dou um entre vários exemplos: Não sou atleta, pelo contrário. Mas cheguei sózinho  no topo de uma montanha no Chile, depois que as demais pessoas do grupo, cerca de 15, todas atléticas, bem sarados, tipo modelos, ou mais jovens, superconfiantes, autoestima lá em cima, muitos se achando mais "f*da" que os outros, etc, desistiram solenemente a cerca de 100 metros do topo. O obstáculo intransponível para todos eles? Uma barreira de vegetação. Só precisava dar alguns passos mais para o lado.

Não despreze alguém que tenha metas na vida ou poderá se surpreender.

Veja o que esta outra tartaruga fez, ela deve ter um sonho na vida:


.'.
Leia outros artigos relacionados clicando nas tags abaixo:

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Equipe que nunca erra nunca tentou fazer mais

Island Peak
Foto: William Wallace


Você deve admitir que as pessoas (incluindo você) falham ocasionalmente e deve planejar para eventualidades como esta em sua programação de trabalho.


Se nunca houver falhas, então não existe senso de aventura (ninguém se arrisca).


Se não houver falhas ocasionais, você não está tentando duro o bastante.


Quando alguém falha, você deve ser gentil tanto quanto possível, mas não os trate como se tivessem sido bem sucedidos.


.'.

Leia outros artigos relacionados clicando nas tags abaixo:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...