English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!
Mostrar mensagens com a etiqueta Buddhazine. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Buddhazine. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

O Mito da TPM e a consciência

It´s cool, I´m cool. (Arte em Papel)
Artista: Sarah (PlaidCushion) - Christchurch, New Zealand


Tanta gente já sofreu por causa de TPM. E tantos sofrem os efeitos da TPM de alguém nos seus ouvidos (no mínimo).... risos....

A respeito da matéria da Carol Casto na revista SuperInteressante: TPM pode ser só um mito, diz pesquisa


Meu comentário:


A evolução de consciência é algo em que tanto homens quanto mulheres estão engajados. Ao final deixo um link a respeito disto, e convido a leitura pois o que vemos aqui ainda faz parte de certos estereótipos, reinventados e manipulados. Precisamos continuar a evoluir e a energia feminina está em reequilíbrio em todo planeta.

Sobre a TPM ser mito, EU CONCORDO!!!

Existe é claro desconfortos físicos por causa da menstruação para algumas.
Mas temos visto tantos abusos de comportamento chegando até pontos extremos e sua “aceitação forçada” é uma imposição recente. (Vide feminismo-anti-homem mau intencionado).

Mulheres: pensem um pouco. Cada vez que falam dos tantos aspectos negativos da TPM como sendo um período em que vão até agredir as pessoas por qualquer coisa, isto é uma propaganda totalmente negativa para vocês. Vou repetir com outras palavras: isto desqualifica as mulheres. Vou usar outras palavras mais diretas: estão dizendo que não podem conviver em sociedade, que não podem trabalhar, que não podem assumir as responsabilidades que ter direitos iguais (obviamente merecidos).

TPM virou uma piada de mau gosto. Expressar a sua condição de mulher não significa impor uma situação de agressividade gratuita, ou de que num período de 3 a 5 dias em média, vocês se tornam menos racionais que um marimbondo gigante atacado por raiva canina e armada com armas de destruição em massa.

Vide também a falta de direitos iguais para os homens e o excesso de "politicamente correto" e também, a manutenção (perpetuação) da obrigatoriedade, exigência quase geral de que o homem se vire sózinho, faça de tudo e o que a mulher faz é só dela boa parte das vezes sob muita cobrança (mulher é vítima, homem é gigolô se se tem renda menor). A procura do macho-alfa e provedor continua.


Infelizmente a TPM se popularizou como desculpa para se fazer qualquer coisa, dizer qualquer coisa. Literalmente qualquer coisa sem que os demais possam reclamar. PENSEM bem: quem é que está plantando isto por toda parte?

Quem está incentivando isto? Será que são mulheres ou quem sabe, algum poder oculto (vide teorias da conspiração), que fazem com que as pessoas cada vez mais vejam as mulheres como seres bonitos por algum tempo, mas que não merecem sequer um mês inteiro de confiança? Estão manipulando vocês!

Como é que as mulheres, que tem muito mais resistência a dor que qualquer homem, estão cada vez mais entrando num papel assim?

Homens durante uma briga, ou quando precisam de força extrema, são movidos por hormônios que anestesiam tudo. Mas é só passar aquilo, e vem a mocinha passar um algodãozinho com remédio e o cara se desmancha todo. O homem pode ser o cara mais forte, mas a mulher faz um carinho no queixo dele e o cara se desmancha todo. Não é assim? Mas quem é que fica fazendo de tudo para não ir no médico? O homem! Dá para entender?

Dá sim. É só parar e pensar um pouco.

Direitos iguais e deveres também iguais não significa que vamos deixar de ser homens e mulheres.

"Um complementa o outro. E um é diferente do outro."

Sugiro a leitura deste outro artigo, escrito na virada do milênio: Nova Era, Convite as Mulheres:

"Os modelos de boneca, princesinha indefesa e Cinderela, já não servem mais. Temos a doçura e a beleza, mas que surgem de forma integrada e num nível maior de evolução.

Então, o convite que faço a todas mulheres, é que usem a intuição, para lembrar que os homens estão renascendo, que algo muito grande está surgindo."

Não precisa uma guerra entre homens e mulheres. Já tivemos uma eternidade delas e não resolveram nada. Então, Ame a si própria e amará os demais, sua família, filhos, amigos, colegas. E isto também mudará para melhor suas relações afetivas de forma permanente, com evolução.


.'.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Amor: Aviso! - Love: Warning!

Foto: Irinia G.

Say to a friend:
Be carefull. Love is contagious!

Avise um amigo:
Cuidado. Amor é contagioso!


Sw. Prabuddha
Buddhazine - Março/2001


.'.

domingo, 23 de outubro de 2011

Magia: as Raízes para Florescer - Árvores, Livros e Filhos

Tree of Wisdom
Foto: Ruddy Oaks (Candace MacDonald)


Amor
Siga o Sol e descobrirás que o Amor sempre está sobre ti.

Magia: as Raízes para Florescer
Uma introdução sobre o que é magia para os adolescentes de todas as idades.


Em 1998, três adolescentes, talvez com 15-16 anos, duas meninas muito bonitas e um rapaz que se achava muito valente, me procuraram "querendo" que lhes ensinassem magia, mas (como frisaram), a alta magia daquelas de grande poder, a coisa "real" (diga-se grandes efeitos especiais... risos), não aquela coisas "fraquinhas...".
Queriam aprender a magia com demônios, sem nem saberem que  trabalho com as energias planetária e angélicas pode ser tão poderosa quanto aquela. Aliás, eles não sabiam absolutamente nada sobre nada.
Ah sim, e que eu ensinasse de graça porque ainda disseram literalmente: "não cobres pelo que recebeu de graça..." com certeza eles não sabiam o preço de livros, materiais importados, viagens, materiais, anos e anos de trabalho e ainda ter o próprio sustento, etc.  Três preguiçosos apenas? Não, em hipótese alguma. Apenas alguns a mais que foram correndo em busca de resultados imediatos, fáceis e baratos. E na prática, poderia ser sido tão fácil. Mas se a pessoa não quer aprender, pode custar muito caro mesmo. Eu sei o que aconteceu com eles a seguir na mãos de charlatões. Cito ao final. Mas para eles minha opinião não serviu, então precisaram ter um trabalho prático.

Bem, voltando, pensei comigo o quanto existe de belo na caminhada. Muitas pessoas querem logo de cara, fazer grandes coisas, geralmente iludidos pelos filmes de ficção ou livros populares escritos sabe-se lá por quem e com quais intenções. Felizmente muitos são apenas livros de boas estórias. Nos Contos de Narnia, o Leão simbolicamente representa Jesus. Ele se sacrifica, mas quando necessário vai a luta e usa suas garras. Muito autores tem tem coisas legais também, mas de forma geral, tudo aquilo é fantasia. E nos filmes, um festival de efeitos especiais. Mas acho legal a leitura dos grandes clássicos dos Contos de Fadas, geralmente seus autores tinham algo para apresentar ou ser questionado (por causa da época em que viviam). Mas na prática, não é tão simples assim.
Quantos encontram "milagrosamente" uma situação tão ideal e tão fantástica de repente em suas vidas?
As pessoas buscam resultados instantâneos e nem percebem que os resultados já estão aí, em toda natureza, em nós e ao nosso redor.
Disto, resultou este texto, sobre a magia da vida, plantar uma árvore, escrever um livro e ter um filho. O que isto quer dizer?


Quando na adolescência de nossa alma sentimos atração pela magia, o que buscamos? Talvez, conhecer mais sobre o mundo que está fora do nosso alcance ou então, deixar de ser anônimos em meio à uma sociedade caótica.

A falta de ritos de passagem, os rituais de transição da infância para a vida adulta levam os jovens a busca desordenada. Que dizer a quem pede pelo conhecimento se este ainda desconhece os perigos e desafios que tem pela frente?

O que é magia?

Uma das muitas maneiras de explicar é:
"A magia é um canal pra expressar o Amor através da Vontade dirigida com Sabedoria."
Assim, é preciso Amar o que se quer, desejar do mais íntimo do seu coração (chakra cardíaco). Usar a Vontade (chakra do Plexo Solar) para agir. E com sabedoria, (chakra Coronário), ter a clareza e o entendimento necessários. E sim, os demais chakras são importantes e devem ser compreendidos, mas isto é trabalho para você fazer sua lição de casa e estudar um pouco.

Magia significa trabalho, muito trabalho e por muito tempo. E o trabalho mais difícil de todos é decidir assumir sua própria vida e fazer o que tem de ser feito. Ninguém vai fazer por você. E as pílulas prontas por aí, são apenas drogas temporárias ou armadilhas para os incautos.


O primeiro a ser feito, por qualquer pessoa que deseje progredir evoluindo à um estado mais elevado de consciência, é dirigir-se a Natureza. Aprender sobre os elementos. Conhecer campos, rios e montanhas. Perceber que o amor à Vida é o primeiro passo para descobrir, em si mesmo, todo o universo. O Sol e a Lua, os vales e cachoeiras, as selvas, os desertos e os cumes nevados estão dentro de nós.
Conhecendo e amando a Natureza, aprendes sobre ti e os demais.
E também vais entender na prática os trabalhos sobre Magia Natural escritos por Agrippa. 

Este relacionar-se com o todo, leva-te ao contato com os quatro elementos, dentro e fora de ti.

A relação aprofunda-se e descobres que assim como tu, toda existência passa por ciclos de transformação.

Uma semente de pinheiro, tem em si, completa, toda uma árvore. Veja, ela é só uma semente e sonha em ser uma grande árvore, com frutos, pássaros cantando em seus galhos, propiciar uma sombra para quem precisar. Ela vai passar por transformações, algumas estranhas, outras até com alguma dor e sofrimento, mas todas têm a mesma chance de lançar raízes profundas que as mantenham enquanto sobem ao céu com seus ramos viçosos balançando ao vento.

Uma árvore dá sombra, frutos, proteção e abrigo, além de fixar o solo. Sem competição. Apenas buscando ser o melhor de si mesma.

A pessoa que cria seu próprio mundo, faz com que outras se beneficiem disto. Sendo quem é realmente, sem máscaras, nem rancores, nem ilusões.

O seu aprendizado, um dia se tornará um fruto que poderá ser entregue à outras pessoas. As memórias positivas são o maior tesouro a ser preservado. Elas ajudarão aos que se preparam a ter orgulho de sua própria jornada sabendo que, se forem autênticas em arriscar-se na busca pelo novo, colherão os melhores frutos, as sementes da Liberdade. Este conhecimento, quando compartilhado, é o significado de escrever um livro.

Tendo iniciado o aprendizado com a verdadeira natureza, levando este conhecimento aos demais, o ser humano fará com que isto chegue à outra pessoa. Basta apenas uma que receba seu ensinamento. Será como uma filha ou filho saídos diretamente de seu coração. Sua união será para sempre.

Surge a relação maior, que é o encontro Mestre e Discípulo. Não é uma relação patriarcal, mas um encontro de irmãos. A distância que os une é tão curta que apenas o pensamento basta para uni-los. O Amor circula e cria-se uma nova geração de buscadores.

Do que foi dito, temos o significado da frase popular de que "toda pessoa tem que plantar uma árvore, escrever um livro e ter um filho". Tomar tal frase como está, seria no mínimo, insultar a própria criação, limitando de maneira torpe e vulgar a capacidade evolutiva do ser humano.

Nascemos como sementes das estrelas, nossas raízes nos darão a energia da Mãe Terra de que necessitamos para conhecer e viver em todo este lindo planeta. Chame a isto de dinheiro, de estabilidade, alimentação saudável, tranquilidade. Mais que isso, que é apenas o mínimo básico, é vital ligar-se com a fonte de tudo: a Natureza, fonte de toda Magia verdadeira.

Através da experiência direta e do crescer junto à irmãs e irmãos que formam nossas famílias espirituais, aprenderemos os próximos passos neste mundo, em que a energia do Amor é o grande segredo a ser aprendido.

Conhecendo as energias elementais, com o tempo passamos a aprender sobre as energias planetárias e os diversos planos de manifestação das energias. A tradição Hermética ensina que "o que está acima é como o que está abaixo".

Aí começamos a perceber como cada semente que plantamos está relacionada a uma intenção maior, de seguir ao cosmos e de lá voltar trazendo novas energias que se manifestarão em nossa vida.
Aprendendo sobre os ciclos da natureza e as estações, vamos aos poucos descobrindo também sobre as horas planetárias, a importância das fases da Lua, a relação entre os diversos planetas e até com os astros.
E neste universo, vem o aprendizado dos planos angelicais, os grandes espíritos, deidades, etc e seus muitos mundos e experiências que cada um deverá descobrir e aprender.
Só então começam os trabalhos maiores e algum dia, a busca da realização da Grande Obra. Do Grande Trabalho quando então, um novo ciclo se iniciará.
A Grande Obra não é uma meta. É apenas mais um passo na caminhada. As árvores cresceram, os filhos vieram e a família se formou, aprendeu-se a escrever e livros levaram novas palavras.
Então as bases estão feitas para começar a construir com estes recursos, seu caminho ao Universo.

.'.

P+

Publicado originalmente no Buddha-Zine Edição 03 - Julho de 1998.

.'.

Nota: O que aconteceu com aqueles três jovens citados no início? Bem, eram de famílias "tradicionais" do bairro, então tive algumas notícias. Apesar de se acharem "espertos", assim como tantos que tem seus "conhecidos com receitas fáceis", eles foram atraídos por um curso de "Sacerdotes e Sacerdotisas da Lua", (só para adolescentes) onde todos meditavam nus e deveriam deixar a "energia" e a "união íntima com o cosmos" acontecer (só com o instrutor) porque era vontade da "deusa". Seguido de "grandes cerimônias" onde as meninas eleitas participavam de um verdadeiro bacanal onde só o suposto mestre dava a "instrução", de preferência para as que ainda fossem virgens (portanto, eleitas pela tal deusa).
O sujeito foi preso algumas vezes vezes merecidamente. Em tempos recentes, descobri que ele adotou roupas numa mistura de estilo indiano/cigano e tem participado em grandes festas "místicas" noutros estados onde fazia a "alegria" das senhoras em busca de respostas "fáceis".

Este é o mundo.


Que semente você vai plantar e em qual solo? 

.'.

Leia também: 


.'.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Ecologia Empresarial

Ecologia Empresarial

"Estima os teus soldados como estima as crianças, e eles de bom grado irão contigo a vales profundos; estima os teus soldados como filhos bem-amados, e eles de boa vontade morrerão contigo."
A Arte da Guerra. Sun Tzu


Atingir mais que sobrevivência, o novo Aeon, "sugere" a busca consciente de crescimento.

Toda empresa é um organismo, e assim, a natureza conduz a busca, a necessidade de conhecer sua missão, seus caminhos, sua harmonia e força, para então realizar-se, num processo criativo, a arte da vida e das pessoas.

Lembre, toda empresa é um organismo social, um organismo vivo.

.'.
Publicado originalmente no Buddha-Zine Edição 04 - Agosto de 1998

 

.'.

As Árvores Sagradas da Fortuna

As Árvores Sagradas da Fortuna
Publicado no BuddhaZine nro 07 - Fevereiro de 1999


Piedra del Aguila y Volcanes del Sur de Chile
 Foto: Jose Huenante Barria


As montanhas são as árvores da Terra, são as elevações, as copas frondosas. 
As árvores, são as montanhas do reino vegetal. Seus galhos, os caminhos que encontramos nas montanhas. Em seus espaços, os vales. Em seus frutos, a dádiva da nova era.

A Araucárias estão entre os mais antigos habitantes do planeta Terra, vindas não sabe-se donde, se por evolução ou por semeadura cósmica. Talvez, como passageira sofisticada de alguma nave de pura luz.

A capacidade principal das Araucárias está no contatar diretamente o ser humano, em tocar sua essência, chegar ao seu coração. Guardiãs da sabedoria de milhões e milhões de anos, contemporâneas dos que estavam aqui antes dos próprios dinossauros, elas zelam pela imensa sabedoria dos antigos.

As araucárias representam os próprios antigos. Com a mudança da energia planetária do Himalaya para a Cordilheira dos Andes, as Araucárias trazem em sua grossa casca, um carinho escondido, um convite, ao abraço, para recebermos, voluntariamente, seu ensinamento, do porque estamos aqui, quem somos e, como fazemos parte do todo em que nos criamos. A nossa meta, a nossa missão, o encontro da nossa maior fortuna pessoal, que é alcançarmos a realização pessoal, de trabalharmos no que realmente queremos, no caminhar para a liberdade maior, estão nos seus galhos, no seu lento crescimento, paciente, acompanhado das aves e seres da natureza.

Cuidar das matas de Araucárias, andar entre suas copas, é uma experiência única, quando percebemos que a grande fortuna, está na sabedoria, sem mais fazer mal aos demais seres, agindo de maneira justa, usando o necessário para crescermos e, finalmente, um dia, nos tornarmos as estrelas de nossas vidas.

Aos que plantam araucárias, estes estão fortalecendo em si mesmo, primeiro, a visão do futuro, a capacidade de perceber um contexto maior do que o seu próprio umbigo.

Segundo, a capacidade empresarial de expandir suas atividades pela maior compreensão (energia de visão) do mercado, fortalecendo suas raízes, deixando de lutar contra a natureza das coisas.

No fim da luta vamos descobrindo que é mais fácil nadar a favor da corrente do grande rio, sem auto-destruição, sem vícios, trocando o cigarro pelo ar puro, a preguiça por uma caminhada saudável com amigos, a melancolia pelo romance, a miséria pela fortuna, a dúvida pela certeza.

Esta energia está presente num abraço, como o que trocamos com as pessoas queridas e que, conscientemente podemos ter com estas conselheiras sábias, sentindo nosso peito junto ao seu corpo, tornando-nos novamente manifestação da criação, da força e da abundância.

.'.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Numerologia 2011

2011 em números – Somos o Resultado de Nossos Ideais
@2010 Gilberto Strapazon. Todos Direitos Autorais Reservados.

93!

Fazem dez anos que iniciamos um novo século e gradualmente vamos observando os acontecimentos e observando o quanto estudamos e vivenciamos nestes anos, estiveram relacionados com o novo ciclo de energias.

O crescimento da comunicação mundial, a internet que hoje coloca mais e mais pessoas em contato com outras culturas, ou apenas num diferente nível de interação com seus conhecidos dos bairros próximos.

Seja como for, creio que muito do que escrevi sobre o novo ciclo, em janeiro de 2001, corresponde ao que estamos vivenciando. Um novo século, os anos 2000, em que a energia feminina do número 2 reflete-se e mostra caminhos está se desenrolando.

A antigo revista Buddhazine que publiquei entre 1998 a 2001 tem algumas partes ainda disponíveis no web.archive.com.

Buddhazine trazia textos em que são mescladas informações sobre shamanismo, tarot, magia, meditação, hermetismo, amor, sociedade, etc. São todos partes de um mesmo universo e expressam minha própria vivência diária. Isto não é cópia ou fruto de recitar textos prontos de outras pessoas. Cada artigo é uma experimentação atualizada das matérias abordadas. Duas fontes se unem nesta vivência: o estudo das diversas matérias e a busca diária, vivencial, da experiência da vida. Mais recentemente, venho republicando alguns destes artigos neste blog, conforme disponibilidade de tempo e observância do momento da caminhada.

Bem, antes de chegarmos a 2011, sugiro a leitura, como revisão e preparo, das observações escritas para o ano de 2001 e o novo século. Veja em Cuidar da Horta da Vida em Coletividade.

2001 apontava principalmente a energia feminina e suas naturais manifestações e, cada dia vemos mudanças neste sentido. Muito existe por ser trilhado, principalmente ao falarmos de nível de consciência, mas vivemos pela evolução de nosso ser. Isto inclui todas as facetas de nossa existência, amor, trabalho, estudos, carreiras, empresas, política, lazer, sonhos, saúde, etc

Quando analisamos uma empresa, estamos observando um organismo social, uma entidade que tem seu próprio motus-vivendi, sua força viva. Mesmo as grandes corporações, e seus milhares de acionistas anônimos, tem características bem claras de manifestação da energia vital em todos os seus níveis. Isto é o que chamei de Informática Esotérica (jornal Zero Hora, 1995). Não por acaso, este é o nome que escolhi para o blog, inicialmente apenas profissional, sobre Tecnologia da Informação e sociedade, mas que contém ocultas informações para os iniciados na arte tanto quanto sobre consciência e evolução.
O fluir das energias e a consciência de sua existência faz parte de nosso ser. Tanto faz se estamos observando uma pessoa, uma coletividade, uma empresa, etc Todos são afetados por estas energias primordiais que formam nosso universo.

2011

Bem, novamente sem profecias, mas observando o caminho que está a frente e como suas energias nos impelem. A numerologia, assim como os astros, não forçam você a nada, mas podem ser de ajuda ou dificuldade quando não observados. Busca-se ter um mapa para ajudar a escolher os melhores caminhos, ou pelo menos ter uma noção do que lhe espera, desafios, etc,


Vamos proceder uma decomposição básica para termos uma idéia das energias manifestadas.


As dezenas: 20 e 11:

Dez anos se passaram, 2 X 10. Enquanto o 10 nos fala de ciclos completos e da ação para isto, o número 20 nos fala do Tempo e das mudanças ditadas pelos tempos. Finalidade e destruição, liberação, desejo e redenção. Visão extendida para os que tem olhos para ver.

A Fênix que através do fogo completa seu ciclo e renasce, com um maior entendimento. O crescimento e as mudanças que o Tempo, realiza. Desejos e finalidades, a liberação e o completar das coisas.
É necessário elevar a visão, o espírito e o entendimento para para níveis mais altos para perceber o que os novos tempos trazem de novo. Os que tem visão limitada, deixam de perceber o que se passa e ficam numa poça isolada num pântano pensando estarem num oceano.

Enquanto o 20 nos fala de nosso nível de percepção, podemos pensar em 2000, que nos sugere a lembrança de ciclos muito maiores e da mesma forma, nos lembra que o mundo é imenso e somos parte dele. Ninguém é isolado nem auto-suficiente. Se você precisa respirar, já é uma pista de que precisa e muito, do mundo ao seu redor. Portanto, aprender a ser grato por tudo, desde o ar que se respira, o alimento, a convivência e os aprendizados, faz parte deste ciclo e de nossa evolução como seres humanos.

Estamos falando em ciclos de evolução, de vida humana, uhm?


11 nos fala de vitalidade e poder. Vitalidade é nossa capacidade de mantermos nossa energia, saúde, etc. E poder, não se trata apenas de força. Qualquer um pode ter um poder. Um mendigo, um ignorante, um louco, podem pegar uma arma e serem poderosos por algum tempo. Mas não terão fundamentos, raízes, nem mérito nem respeito, nem será sua verdadeiramente aquela força. Qualquer um pega uma arma, uma palavra forte, um cargo de imposição e pode usá-lo. Mas nunca possuirá sua força verdadeira, nem terá por muito tempo o que retirar de uma lavoura que não foi semeada nem mantida por si próprios.
Poder deve aliar-se a vitalidade, carisma verdadeiro (não confundir com puxa-saquismo), o magnetismo natural da alegria de viver, a devoção, o prazer verdadeiro, as riquezas da vida, a paixão pela existência e seu desfrutar sereno.


2011 resulta então na tranformação e resultados, como resultado de méritos e da utilização consciente das energias vitais.

Resultados oriundos como frutos de uma transformação que esteja devidamente preparada.

Da mesma forma, colheita, liberação oriundos da visão necessária para perceber as oportunidades.

Isto em relação as dezenas.

O Número do Ano - 4

Vamos a redução geral, geralmente a mais popular, mas as observações acima nos demonstram os potenciais que estão disponíveis para quem se dispuser a trilhar a caminhada do conhecimento verdadeiro, explorar seu mundo, deixar de ser escravo das fatalidades e de si mesmo.

2+0+1+1 = 4

Quatro (4) é o número deste ano de 2011. É um número muito bom no aspecto de realização e gestão. Representa conseguir o que se quer mas também, que é necessário trabalhar para isto.
Estarão mais visíveis os caminhos para conseguirmos o que desejamos, seja no plano material, emocional, em nossos lares e empresas. Mas também estão aparentes os desafios, tarefas e responsabilidades para isto.
Desafios são o que se faz para que algo seja realizado. Negócios a serem acertados, tarefas a serem cumpridas. Trabalhos a serem feitos. Conquistar por direito próprio estará muito mais destacado e também, cobrado.

Não se compram conquistas pessoais!
Trabalhar e fazer o que seja próprio para a justa realização de nossos ideais.
Planos mal feitos, atalhos tomados indevidamente, trapaças de qualquer tipo serão duramente cobrados.

O número 4 refere-se as energias elementais, e lidar com elas significa encarar as forças primordiais da criação em seu estado mais bruto, mas também com aspectos das energias que são fundamentais em nossas vitas. Este é um dos aprendizados essenciais da magia, tanto quanto do Tarot, e enquanto alguns o desmerecem, perdem de contactar as maiores forças que só são conhecidas por aqueles que trilharem todas as provas e experiências.
Por exemplo, quem lida com fogo pensando ser um fósforo fácil de ser soprado, esquece que basta um fósforo para incendiar uma cidade. Todo o interior de nosso planeta é formado pelo magma derretido. Literalmente caminhamos sobre o fogo e a maioria das pessoas esquece disto. São os vulcões que criam novas terras e completam grandes ciclos de renovação continental. Imagine estas energias aplicadas ao nosso cotidiano, aos nossos empreendimentos. O mesmo fósforo, pode ser usado para iniciar o trabalho de fundição dos metais, impulsionar uma empresa, alimentar uma cidade.
Águas, Terra, Ventos, são energias descomunais que nos envolvem. Podemos evoluir com elas, mas nunca esquecer do imenso respeito devido.
Podes te considerar mais inteligente que uma pedra, porém, esta pedra em tua mão tem milhões de anos de vida enquanto tu estará aqui por um curto tempo. Quem pode esperar mais, tu ou a pedra?

Desenvolver consciência e buscar sua realização, trabalhando de forma harmoniosa e planejada, são atividades a serem buscadas.

Voltando a citar o artigo sobre 2001, as empresas tem a comunicação e a organização estimuladas. Saber comunicar-se, mudar e quebrar paradigmas de administração, encontrar novas formas de realizar suas atividades de forma mais integrada ao mercado, a sociedade em geral.
Já disse que a empresa é um organismo social, portanto, deve interagir dinamicamente com o ambiente natural, social, empresarial.

Esta interação expressa-se em saber ouvir, pois quem não ouve corre o risco de ser desacreditado ou incompreendido. Novamente, as comunicações que tem se ampliado em várias novas formas, permite contatos não pensados até alguns anos.

De uma forma geral, é um ano para negócios, cuidar da administração, de estender laços e cumprir acordos de todo tipo. Lealdade a princípios, hierarquias, juramentos, leis e forças vitais, mas também, ter visão para extender seus limites.

Como em tudo o mais, cada pessoa, cada empresa, é regida individualmente de forma particular devido aos seus próprios números de vida. A numerologia natal, que é um mapa individual deve ser observada em suas relações com as condições do período. Esta existe tanto para pessoas quanto para empresas.
Também observar, que cada período, cada ano, cada mês, nos traz mudanças no como vivenciamos estas energias, como nos influenciam e o que podemos buscar para nossa evolução.
Uma pessoa ou empresa com números pessoais de mais iniciativa, poderão estar mais estimulados tanto a planificar e buscar realizar empreendimentos, de acordo com seu ciclo pessoal. Mas também poderão estar num ciclo pessoal diferente, em que justamente serão cobradas quanto as suas aspirações.
É necessário semear e cuidar da própria terra para colher os merecidos frutos.
O ano 4 nos oferece possibilidades de uma vida mais harmoniosa, familiar, material, pessoal, espiritual. Mas também nos lembra que somos nós os verdadeiros responsáveis pelos nossos atos.

Quando temos ideais que são bons para nós e para os demais, podemos contar com a ajuda do universo como um todo.
Aprender a planejar, ter a mente clara e ser capaz de SABER realmente o QUER, nos leva a AGIR com consciência.
Quando decides claramente o que queres, tem um pensamento amadurecido e não apenas mais uma entre as milhares de idéias que se perdem com o vento todos os dias, podes empreender a caminhada para tua realização.
O universo conspira a teu favor. Podes aprender a ouvir o chamado da natureza, ou lutar contra as forças e arrastar-se indefinidamente tentando obter resultados que nem sempre serão os mais propícios. Perde-se muito tempo forçando uma situação, quando a solução estaria logo ao lado, bastaria alguns momentos de reflexão e de observação de si mesmo e do mundo.

Isto é tudo por hora.

Gilberto Prabuddha+
93, 93/93


.'.

Mapas Numerológicos Personalizados e Consultoria

Pessoas e empresas interessadas, contactar pelo email gilbertopb@gmail.com


Leia também:
.'.



sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Liberdade de Religião

Freedom of Religion Means Any Religion.

Liberdade de Religião Significa Qualquer Religião.



.'. 

Leia outros artigos relacionados clicando nas tags abaixo:

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Passos dados. Passos que virão.

Neste blog republico também trabalhos publicados desde a década passada, na antiga revista BuddhaZine (1998-2001) e no site do Geocities que deixou de ser mantido, foruns de debates, etc.

De vez em quando encontro alguns destes textos noutros sites e espero que ajudem as pessoas na sua caminhada.

Também decidi posteriormente, unificar os demais blogs, pois tudo que faço é parte do meu Trabalho.

@Direitos autorais reservados: Caso algum dos meus textos seja utilizado ou publicado noutro lugar, lembre que todo este material tem direitos autorais registrados, portanto, é obrigatório citar a fonte com os devidos créditos.ou solicitar autorização conforme o caso. A utilização indevida será cobrada pelas leis humanas, kármicas e mágicas no mais amplo escopo. Nem eu, nem os deuses, nem qualquer das forças da criação precisamos ver para saber o que você fez.

Gilberto Strapazon .'.
(Swami Anand Prabuddha)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...