English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

E-mails Falsos Contra a Liberdade de Pensamento

Na internet deve-se checar informações sempre.

Mas as pessoas acham que e-mail, qualquer e-mail é verdadeiro, então repassam prá frente sem nem conferir.

Tem um monte de e-mails falsos, divulgando notícias falsas.

Por conta disto, tive que bloquear uns quantos "indignados" incautos que acham que a Dilma vai obrigar todas mulheres a fazerem aborto, que vai mandar fichar Jesus no partido comunista, que vai abrir escolas de guerrilhas (...) contra os burguesinhos de merda que costumam ser os mesmos que inventam estas idiotices com medo de perder a mesada do papi (que costuma ser um dos grandes corruptos) e terem que trabalhar e por aí vai.

É muito fácil inventar qualquer coisa e botar prá frente.

Agora, se alguém precisa inventar mentiras para vencer seu oponente, que tipo de caráter está mostrando?

Nestas horas, lembro do Tiririca e nem li as notícias dos últimos dois dias. Ganhou as manchetes e pode ser um dos caras mais votados da história.

O cara, pelo menos, parece ser um candidato popular, sem vícios maiores do que ser um brincalhão.

Quantas cortes elegeriam o bobo da corte?

Aliás, nos antigos regimes monárquicos, justamente os bobos da corte é que faziam o papel de oposição e questionavam os governantes. E não raro, tinham suas cabeças literalmente cortadas por falar a verdade.

Em tempos de ditadura e nos países onde a liberdade de expressão praticamente não existe, humoristas, assim como artistas em geral, costumam ser severamente reprimidos. Se duvida, vá tentar fazer uma brincadeira qualquer nalguns lugares do oriente médio. Poderá ser a última.

Mas falando no cara, o Tiririca, tirei agora uns minutos para ver as notícias escandalosas dos dois últimos dias.

NOSSA!!! Deve ter a Ligas de Senhoras de Santana (alguém lembra do tempo do Sarney?) e outras tantas deisnteressadas e nada manipuladoras chantagistas que estão apavoradas com tanta barbaridade.

O cara andou distribuindo até uma revista humorada, onde, como bom palhaço, passa algumas brincadeiras. Alguém me consegue um exemplar?

CREDO!!! Devem estar fazendo missas em todas igrejas, capelas, cultos, templos, praças e uma boa parte da programação de alguns canais para tirar este desaforado desrespeitoso que faz brincadeira de assunto sério!!!

Lembro que Jesus impediu que tirassem crianças do templo porque estavam rindo e brincando.

Que merda de mestre, político, governante ou o que for se não tem senso de humor?

Ele pode não ter muito conhecimento administrativo, nem estudou em colégios bacanas, nem é da turma que frequentou a festa de 15 anos, quer dizer, baile de debutantes da alta sociedade descendente de senhores de escravos. Com certeza o cara não tem uma série de quesitos que eu mesmo considero importantes, mas ele está sendo ele mesmo, de uma forma geral. Não precisa falar muito quem não tem muito a esconder. Vai ter alguns rolos pessoais? Vai, claro que via ter como 99,9999999% das pessoas tem.

Mas imagina, uma cara que faz piada no plenário!!! Escândalo!

Vamos lançar uma campanha para coletar doações em prol da moralidade e dos bons costumes!!! Chamem as mais carolas e reprimidas de todas.

Chamem os sisudos trabalhadores que vivem só para controlar a vida dos outros. Gritem em todas estações de rádio e TV que o povo é louco em votar nalguém que faz palhaçada.

Imaginem, um palhaço!!! E aja racismo junto disto tudo.

Acho que vou catar os videos dele no youtube mais tarde. Só assisti um e ri um monte.

Em tempo: Qualquer pessoa inteligente sabe que para fazer humor, é necessário um profundo senso crítico.

O resto, são opiniões e preconceitos pessoais.


Editado em 07 de Outubro de 2010:

Bem, o Tiririca foi eleito, com a segunda maior votação da história de São Paulo. Mais de um milhão e trezentos mil votos é algo que deve ser pensado.
Apesar da repulsa gástrica que algumas pessoas tem, e apesar de que ele vai ser mais um entre centenas de deputados, é o próprio Tiririca, aliás, Francisco Everardo Oliveira Silva, que vai ter de arcar com o peso da sua marca pessoal. Recebeu o apoio que pediu, agora é hora de mostrar a que veio.
Mas numa coisa ele foi honesto: diz não saber o que faz um deputado. E acredito que muitos deputados também não, mas pelo menos ele admite isto publicamente, mesmo que seja brincando.

.'.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Cada povo tem o governo que merece?

Cada povo tem o governo que merece?

Essa frase lembra que quando criança era muito falada no tempo da ditadura militar.
Eu escutava com frequência alguém dizer (falando sobre o povo): "povo burro tem o governo que merece".

Sempre me lembro de pessoas ligadas daquele governo dizendo isto para justificar seus atos. E pessoas que não eram ligadas ao governo também, muitas vezes para justificar sua própria impotência.


Pergunta: Estariam errados?


Infelizmente a palavra escrita não tem a tonalidade da voz.

Mas eu sempre escutei isto ser falado da mesma maneira áspera que escuto até hoje pessoas (que se dizem humanas) falando:

-Essa negrada tem mais é que apanhar...
Ou
-Esses índios têm mais é que apanhar...
Ou
-Mulher tem que apanhar mesmo...
Ou
-Essa cambada de músico são todos uns vagabundos...
Ou
-Esses (Escolha a categoria) merecem (descarregar todo desprezo e preconceito).

Etc.


Pergunta: Estavam errados?


Acho que sim.

E acho que ainda estamos errados.

Se por exemplo, você é professor, terá alunos que não sabem a matéria.

Imagine um adulto ensinando crianças no primário. Ele, como adulto, tem mais visão e, portanto, responsabilidade por aquelas crianças. Elas não são "burras", falta-lhes da idade. Nem são ignorantes. Estão num caminho de aprendizado, de alguma forma.

Então, é possível, em minha opinião, que não seja a falta de suficientes informações para que o povo escolha.
O que está errado é o próprio sistema de escolha.

Vejam, as pessoas tendem a votar em ídolos, pelos quais tem alguma admiração, de alguma forma. O que elas veem, é o que conseguem alcançar. Como as crianças que vão ter um limite de percepção.

A responsabilidade não pode ser cobrada ao povo, que é enganado com um sistema que pode ser facilmente manipulado.

A responsabilidade é dos demais candidatos, assim como as pessoas mais instruídas e evoluídas, que tem uma visão mais abrangente e, portanto, tem um entendimento maior do que se passa. Ditadura das classes intelectuais? Não creio também. É necessário que cobrem efetivamente entre si, os méritos para assumirem estes cargos.

Onde estão os conselhos, os grupos dos mais velhos das antigas tradições, o circulo dos sábios?

São muitos dos supostos governantes que fazem o povo passarem o papel de burros. É como oferecer alguns brinquedinhos quaisquer para uma criança passar o tempo, e deixar escondido o melhor na cozinha.

As pessoas são boas, cada uma a sua maneira.

Trate as pessoas com respeito, de acordo com seu nível de evolução e descobrirá um universo amplo dentro da nossa cultura que fica restrito as pequenas localidades e vizinhanças.

Mudar isto dá trabalho, porque na prática, uma pessoa só pode mudar a si mesma, pela decisão de querer mudar. E cada uma que muda, é como uma pequena luzinha para as demais, que também, nalgum momento decidem mudar, gerando um efeito em cascata multiplicador.

Mude a si mesmo e mudará o mundo.

Acenda luzes.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Goetia é perigoso?

Invocation
Arte: Salaj Darjan - Austria


(Editado: acréscimos feitos ao texto).


A Goetia, e outras linhas de magia ritual, requer preparo e imenso respeito com as energias.

A preparação, que constitui toda uma disciplina própria, tem seus porquês, mas principalmente, consiste em preparar a pessoa para o contato com as energias.

Devido a cultura do CTRL-C e CTRL-V, vemos uima enorme quantidade sites apresentando rituais instantâneos de magia.

Pior, surgem os auto-proclamados praticantes da "Alta Magia" e suas frases prontas misturadas com lábia de vendedor.

Mas a lábia, a facilidade de falar não tem nada a ver com conteúdo.

De nada adianta saber textos de cabeça sem praticar seu ensinamento. Quando acontecem problemas pode ser muito feio de se ver.

Dá para simplificar alguns rituais? Até dá, se o praticante já tiver a bagagem efetiva de todo um longo trabalho feito e crédito espiritual suficiente. E mesmo assim, continuamos tendo que treinar e ensaiar rituais vezes e mais vezes antes de fazer prá valer.
O que acontece é que ao longo dos anos cada magista vai ter suas próprias modificações e acréscimos, muitas vezes ensinados pelos próprios espíritos ao longo do tempo.

Goetia é perigoso? É sim.

Qualquer energia evocada de forma irresponsável e sem respeito, ou sem a necessária preparação, é como segurar uma vela acesa e entrar num tanque de combustível daqueles de refinaria.

Muito do que vejo primeiro de tudo, é falta de leitura completa e estudo dos textos. Infelizmente existe muita coisa mal escrita, adulterada ou então é uma bobagem só.

Também é costume a troca proposital de palavras, ingredientes, lugares, nomes, etc, para que apenas os que tenham a preparação (iniciação e trabalho) necessária identifiquem e possam ter uma idéia melhor do caminho mais correto. E um dos melhores caminhos de uma forma geral, é ficar bem longe! (risos....)

Uma vela e fé sincera para seus anjos guardiões pode fazer muitas vezes mais do que todo um elaborado e enfeitado ritual.


Magia não é algo que se possa começar pelo quinto andar.
Tentar atalhos para resultados imediatos e grandiosos é como tentar entrar num avião voando a grande altura.

Existem passos no aprendizado.

E Goetia é só um de tantos tratados antigos que contém uma série de etapas a serem aprendidas, ferramentas por preparar, estudar e entender o que está fazendo.

E principalmente, ter a base anterior necessária. 

A minha sugestão é que, antes de alguém tentar operações com a Goetia, aprenda algumas bases da magia. Trabalhar com espíritos angelicais e planetários, banimentos, rituais baseados em oração, banhos, etc.

Uma das mais importantes coisas em magia é: aprenda primeiro como terminar, desfazer, enfim,  fechar a operação.
Nunca tente chamar um espírito que você não sabe como fazer para mandar embora depois.

E também, entenda de uma vez que você pode chamar um determinado espírito, mas na prática, por uma série de razões, podem ocorrer interferências e outros espíritos intrusos poderão surgir.

A possibilidade de que outros espíritos indesejados estejam por perto, ou se aproveitem da abertura efetuada é mais um dos motivos para a existência dos círculos e a necessidade de saber usá-los corretamente.O círculos mágicos não são apenas um desenho no chão com alguns símbolos e palavras.O círculo mágico é uma ferramenta ritual e cada elemento deve ser preparado e carregado pelas energias divinas que fazem parte do arsenal de trabalho que o magista necessita para sua operação.

Mas na prática, o círculo mágico não protege nada se o magista não fez seu trabalho de casa. De nada adianta entrar no círculo e fazer suas orações sem a devida e completa convicção no que está fazendo. Desenhar símbolos no ar de forma mecânica também e inútil se você não souber claramente o que são e tiver desenvolvido dentro de si a conexão com cada ponto representado.

Para tornar isto bem claro: Você estudou e praticou o símbolo do círculo,  o número Zero, do símbolo do Sol e suas forças, energias, espíritos e anjos relacionados? Entendeu na prática como uma vela também pode representar o círculo e o próprio Sol? Entendeu que todo círculo tem seus nomes de poder associados e estudou e praticou cada um deles?
Se não fez isto, é como tantos desenham pentagramas no ar com seu "dedo poderoso" ou sua faquinha comprada no supermercado, sem terem a menor idéia do que cada um dos cinco pontos representa e sem nunca terem praticado cada um daqueles pontos e seus elementos.
Círculos e pentagramas e tantos outros não são apenas "desenhos fáceis de se fazer". Tem todo um trabalho a ser estudado e praticado antes.


Antes de tudo aprenda a se proteger.

É muito fácil encontrar por toda parte citações de como chamar algum espíritos. Mas como se proteger e como mandá-los embora depois? Pense muito seriamente nisto!
Uma das mais importantes de todas proteções é sua disciplina, fazer seus preparativos da melhor maneira, confiar no poder do Deus Altíssimo e estar pronto e sem medo.

Em qualquer área da magia é necessário uma relação de profundo respeito com os espíritos com os quais você pretende trabalhar.
E respeito em hipótese alguma significa submissão.
Nunca se comprometa com qualquer espírito.
Apresente suas ordens de forma respeitosa, considerando os devidos graus hierárquicos que eles tenham, mas ainda assim, o controle deve ser seu.

Ao invés de simplesmente dar ordens, experimente perguntar primeiro se o que você deseja é da esfera de trabalho deles e pergunte como isto pode ser feito. Isto poderá lhe poupar tempo pois não existe nenhuma garantia de resultados e os espíritos poderão lhe indicar antecipadamente o quê e porque de alguma situação.

Esta abordagem respeitosa é parte também da sua proteção pessoal.

E não seja estúpido pensando que pode usar de conversa suave e mentiras para enganar estes espíritos. Você não está lidando com algum tipo de entidade que diz fazer qualquer coisa em troca de uma garrafa de bebida barata.

Ao abordar os espíritos goéticos de forma respeitosa, tenha em mente que eles são antiquíssimos. Muitos foram deuses de outras culturas e estão neste planeta a tanto tempo que já viram todo tipo de mudanças. Eles conhecem as pessoas pois já viram todo tipo de situação, pessoas e civilizações. Então seja verdadeiro com eles.

Agir de forma desrespeitosa ou falsa com estes espíritos, o que inclui o preparo mal feito do ritual, uma das causas de problemas. Eles vão lhe dar algum tipo de lição para você aprender alguma coisa. Normalmente nada muito destrutivo é claro, eles são espíritos com consciência e se você observar suas descrições, a maioria deles tem funções de ensinar.

Preparativos mal feitos são algo a observar. Um ritual completo da Goetia é bastante complexo e como boa parte de operações em magia cerimonial, é relativamente caro construir todas ferramentas e cada execução do ritual também usa materiais como velas, óleos, incensos, etc.
Mas temos vários magistas modernos que tem trabalhado seriamente no estudo e prática de algumas formas mais simples. Porém, preste bem atenção: a maioria destas funciona SE e sómente se a pessoa já tem alguma experiência anterior.
EM hipótese alguma as simplificações que temos observado são uma maneira para qualquer novato começar de zero e tentar invocar "grandes poderes". Algumas são bem interessantes, mas novamente sugiro que sejam usadas em sequencia de aprendizado, começando por operações mais simples.
E nem pense em economizar moedinhas nestas operações. Usar as velas que você pegou na festa e aniversário de algum vizinho? Nem pensar! Compre as suas.
Mesmo que estejamos na época da internet é certo que se encontrem arquivos PDF de vários livros, opte pelos que realmente estão em domínio público. Ou melhor, compre os seus livros. Tenha a mais plena certeza de que em magia, durante sua preparação os espíritos sabem se você conquista méritos pelo seu próprio esforço. Uma alternativa é o excelente site de Joseph H. Peterson, Esotericarchives, que tem todos materiais originais de muitos grimórios disponibilizados e amplamente comentados.
Existem alternativas que não vão custar uma fortuna, apenas pense em fazer o melhor que puder sem fanatismo.
Eu mesmo demorei muito tempo para preparar minhas ferramentas e tive que pesquisar muito, procurar fornecedores e isso demandou alguns anos de trabalho. E ainda tem coisas por fazer, mas a cada passo é uma conquista e os resultados nos rituais tem sido bem interessantes a cada melhoria.
Isso é feito para si mesmo, não é para mostrar para outros. Rituais de magia não são números de circo como tantos pensam quando pedem para "assistir o ritual". Nada disso. Eu só admitiria alguém n a sala do templo se já estiver devidamente treinado e seja alguém de minha confiança para compartilhar a operação. Uma pessoa leiga poderia no mínimo entrar em pânico, ou até bloquear a operação com sua ansiedade, além de ser uma verdadeira antena para energia intrusivas.
Portanto, é um trabalho solitário. Pense muito nisso antes de abrir suas operações para outras pessoas.

Um dos maiores erros dos novatos é tentar começar pelo topo, evocando os mais altos na hierarquia. Grande erro! Felizmente, os grandes espíritos na maioria das vezes vão simplesmente ignorar a tentativa. A menos que seja muito desrespeitosa, então podem fazer alguma coisa para fazer a pessoa mijar nas calças. Geralmente uns pesadelos pavorosos ou quem sabe fazer uma bagunça imediata na vida da pessoa. Mas geralmente nada mais grave. Entenda isto como um tiro de advertência.
Então comece pelos espíritos que estão nas hierarquias menores, eles são ótimos trabalhadores e na maioria das vezes vão atender muito bem as idéias simples que os novatos tem em mente. Quer dizer, se aceitarem atender, pois eles também merecem muito respeito.


Vou repetir então: é necessário fazer o trabalho básico antes. Goetia é algo que vem depois de todo um longo trabalho de aprendizado nas várias áreas da magia.
A Goetia é parte de um trabalho maior, as Claviculas de Salomão, encontrada em várias edições. O que se observa imediatamente e muitos não observam é: Primeiro vem todo trabalho de preparação, os rituais planetários, angélicos, etc. Só depois disto vem o Lemegeton, a Goetia. Entende isso? Primeiro você precisa formar uma base sólida para estar preparado para lidar com os espíritos da Goetia.
É o trabalho com os espiritos angelicais, arcanjos, etc. que vão dar a necessária estrutura básica para proteger o magista quando evocar os espíritos Goeticos. Uhm? Quem é que vai te proteger e amparar? Pense muito nisto e vá trabalhar naquelas áreas primeiro de tudo!


Um ritual pode ser feito apenas com seus elementos mais básicos. Mas devem ser bem feitos, da melhor maneira que você puder. Preguiça não combina com magia ritual. Fazer de qualquer jeito, ou mandar outros fazer o que você não fez também é uma maneira garantida de causar um belo e merecido prejuízo na sua vida.

Magia não é para preguiçosos, oportunistas ou charlatões. O único resultado que estes conseguem, quando acontece algum, é por pura coincidência ao se aproveitar de alguma situação e cantar vantagem. Na verdade é um falso resultado, ou falando claramente, mais um golpe.
Ou ainda, pode ser um falso espírito preparando uma armadilha para o magista. É muito fácil botar nome em cima do trabalho dos outros, mas isto tem limite e ninguém consegue enganar todas pessoas o tempo todo.
E muito menos os espíritos da Goetia.

Mérito nunca pode ser roubado e muito menos creditado por comparsas. O reconhecimento do mérito sempre vem de cima, d'Aquele que está Mais Alto.


Veja, que com estes tópicos, podemos apontar que um dos grandes riscos da Goetia é justamente a falta de preparo, respeito ou dedicação.



Então:

1) Estude. Leia, faça anotações;
2) Aprenda quais são as áreas que você precisa saber antes de iniciar este trabalho.;
3) Trabalhe cada passo com dedicação. Tudo isto faz parte do ritual final;
4) Faça sua parte. O trabalho de casa é seu; Em magia é impossível sucesso verdadeiro montando nas costas dos outros. Tenha seu próprio material; 
4) Faça o melhor que puder, mas sem fanatismo;
5) Quando finalmente começar seus trabalhos rituais, escolha espíritos que vão ajudar nas atividades básicas e trazer ensinamentos. Eles ajudam muito no aprendizado de todas áreas, seja da magia, pessoais e profissionais. Só muito depois vá subindo degraus para os espíritos "mais quentes";
6) Seja verdadeiramente respeitoso sempre e isto deve também ocorrer da parte dos espíritos. 
7) Sempre seja sinceramente agradecido.A palavra "Obrigado" é uma das mais poderosas a ser usada e deve ser sincera.

Repetindo e citando o Mago Quakestars num grupo do Yahoo: "Invoque, receba os favores, e agradeça. A palavra mais poderosa na prática da Goetia é "Obrigado."


Mas então, existe perigo com os espíritos da Goetia?

Pense assim, é perigoso acender uma vela em cima de um tanque de gasolina? É perigoso bater de propósito numa colméia de abelhas? É perigoso atravessar uma movimentada avenida de olhos fechados?

Se você tiver um preparo e abordagem corretos, isto vai oportunizar uma experiência melhor.
Mas com certeza não elimina os riscos.
Estes riscos começam pela sua própria condição pessoal, por exemplo, não estar adequadamente alimentado ou num estado de espírito equilibrado.
A preparação e o próprio ritual como já citado, pode ter a presença de energias intrusivas que vão tentar causar todo tipo de problema.
Não saber como encerrar adequadamente o ritual pode resultar também na presença continuada de energias no local ou junto da pessoa.
E é claro, as próprias características do espírito invocado.
As formas de manifestação nem sempre são visíveis. Aliás, a maioria das vezes não são visíveis, apenas percebidas. Mas seja qual for, isto pode ser perturbador. Não se trata de cenas de filme de fantasia, mas de sensações reais que podem ser estranhas, ou belíssimas. Noutras vezes algum tipo de desconforto.

E outra coisa muito importante e muito perigosa é que se os espíritos concordarem em realizar o que foi pedido, isto é o que poderá ocorrer. Quero dizer, você pode ter os resultados. Mas a tendência é que seja pelo caminho mais curto. O exemplo clássico é da pessoa que pede dinheiro e recebe uma indenização ao perder uma perna num acidente.

Cuidado com o que pedir e o como pedir são absolutamente necessários. Muitos dos problemas que vejo após rituais goéticos mal feitos ou de novatos com pouca experiência, são facilmente reconhecidos como sendo exatamente o que a pessoa pediu.

E também, boa parte das vezes o resultado são os meios para se obter o que se deseja. Se você pedir dinheiro, é mais provável que receba uma possibilidade de emprego. Quer sexo? Prepare-se para ter de sair de casa, conhecer pessoas, se vestir melhor e cuidar da aparência...
Entendeu isto? Não vai chover dinheiro e muito menos as pessoas vão bater na tua porta oferecendo sexo. E se pediu conhecimento, vão te ajudar nos estudos, mas não um aprendizado instantâneo.


Ok?

Então por enquanto encerro apenas dizendo que o primeiro grande perigo é justamente a falta de preparo e o mau uso.



.'.


Algumas referências e sugestões de leitura:


EsotericArchives - O famoso site de Joseph H. Peterson, com diversos grimórios na íntegra. Incluindo Key of Solomon (A Grande Chave) e The Lesser Key of Solomon (Lemegeton - Goetia). Ele também oferece o CD com todo site e mais materiais que não tem como colocar online. É um verdadeiro tesouro!


Livros: 

Three Books of Occult Philosophy - Henry Cornelius Agrippa. Leitura básica e altamente recomendada para o aprendizado da Magia Natural, referências planetárias, correspondências magicas, etc.

The Clavis or Key to the Magic of Solomon - Joseph H. Peterson

The Lesser Key of Solomon (Lemegeton) - Joseph H. Peterson

Secrets of the Magickal Grimoires: The Classical Texts of Magick Deciphered - Aaron Leitch. Excelente referência para entender o que são e como trabalhar com os grimórios.

The Goetia of Dr. Rudd (Sourceworks of Ceremonial Magic) - Stephen Skinner, um dos grandes autores ocultistas de nossa época.

The Complete Magician's Tables - Stephen Skinner. Excelente obra de referência.

The True Grimoire: The Encyclopaedia Goetica Volume 1  - Jake Stratton-Kent. Edição do Grimorium Verum. Jake é um dos mais experientes e renomados autores na área. 

The Goetia: The Lesser Key of Solomon the King: Lemegeton - Clavicula Salomonis Regis, Book 1 - Versão de Aleister Crowley. Esta versão segue uma linha diferente, e é citada para quem segue aquela linha de pensamento ou para fins de estudo e comparação.



.'.


Leia também:
.'.
+
'.'

sábado, 18 de setembro de 2010

Ter Filhos Sem Condições?

Child desire.
Photo by: Raúl Salinas Beltran


Ter Filhos Sem Condições?


Algums pensam que se não tiverem condições, não terão filhos.

Mas nem todas pessoas pensam assim.

Ou melhor, na verdade, na maioria das vezes as pessoas não pensam. Alguns copos de vinho, a preguiça ou até mesmo um desejo egoísta e pronto.

Quando se fala em paternidade e maternidade consciente, é algo que vai muito além da responsabilidade de cuidar e alimentar alguém.

Consciência significa evolução espiritual.

Trazer uma nova vida para o mundo, deveria ser algo em que as pessoas tivessem a clareza do que estão fazendo.

É a vida de alguém, além da sua própria que está em jogo.

Estamos preparados para oferecer a oportunidade de uma vida melhor sem sacrificar a nós mesmos?

Veja, muitos acham que ter filhos é um sacrifício e que suas vidas deverão ser interrompidas. Ou porque algum "deus quer". E as crianças crescem sentindo-se culpadas por ver seus pais privarem-se de suas próprias vidas. Algumas ficarão gravemente doentes até décadas depois, mas seus pais não vão pensar que podem ser a causa do que vai acontecer muito tempo depois. Ou então, o que não é raro, aprenderão a má idéia de que não há nada de errado em passar bem as custas dos outros.

Mais e mais filhos tem sido gerados como forma de garantir o sustento, uma pensão. Depois de tudo que a humanidade passou, no século XX, especialmente nos anos 60 e 70, pela busca de ideais libertários, é incrível que isto pareça esquecido.

Acho que ter um filho, é algo em que devemos nos empenhar, para que tenha no mínimo, uma vida familiar melhor do que tivemos, uma escola melhor do que tivemos. E dar-lhes as oportunidades para que enfrentem o mundo de cabeça erguida, sem tornarem-se dependentes.

A melhor herança que se pode dar, veja bem, ainda em vida, é o seu próprio exemplo de uma vida bem aproveitada, de ser alguém que seus filhos se orgulhem sem ter medo.

Não adianta nada se arrebentar trabalhando para fazer um milhão se isto custar a a cabeça dos filhos ou seu casamento. E depois as pessoas ainda dizem que fizeram isto "pelas crianças". Na verdade, é puro egoísmo.

Pessoas que continuam a realizar a sua caminhada evolutiva, profissional, emocional e espiritual, podem ser mais do que pais para serem os companheiros da jornada.


Estimule as crianças a serem livres, a pensar por si mesmas, a terem consciência de si e dos demais.

Estimule o autoconhecimento.

Estimule as crianças a sonhar e buscarem a realização de seus sonhos.

Quando formos adiante, teremos deixado mais do que um amontoado de sementes jogadas ao vento. Teremos dado para alguém, a oportunidade de encarnar e seguir por si mesmo, os passos de uma vida melhor.


P+
18/09/2010

.'.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Inglaterra: pombos vencem a a banda larga!

Imagem: sassa cartum

Depois da África, agora é na Inglaterra. Trefor Davies, chefe de tecnologia da Timico UK,resolveu fazer uma corrida entre pombos correio versus a lenta conexão de internet banda larga da zona rural.

O mesmo foi feito no ano passado na África (ver link ao final).

Foram dois pombos, cada um levando um cartão microSD com 200MB de vídeo.

Ao mesmo, o vídeo iniciou-se upload do mesmo material para o Youtube.

Resultado:

Aos 54 minutos, quando o primeiro pombo chegou,o upload do Youtube ainda estava em 24%.

.'.

Veja também:

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Boa idéia: Cachaça 51 tira concorrente do mercado europeu


Produtos parecidos nem sempre são a mesma coisa.

Conforme matéria publicada no Conjur, a  Companhia Muller de Bebidas, fabricante da Cachaça 51,  conseguiu que fosse cancelado o registro na Europa da marca de aguardente também brasileira 61 A Nossa Alegria, devido a semelhança das marcas.

Meu comentário:

A infestação de produtos "parecidos", em praticamente todas as áreas, é um dos grandes problemas para o consumidor. Embalagens semelhantes e nomes parecidos, mas para produtos de qualidade e quantidade diferentes, são verdadeiras arapucas para o consumidor.

Fazem anúncios comparando preços, por exemplo, mas não contam que o conteúdo é menor, ou que precisa o triplo do produto para ter um resultado ainda inferior.

As gôndolas dos nossos mercados estão lotadas de arapucas, fabricadas por empresas que preferem o comodismo de tentar imitar os líderes, ao invés de buscarem seu próprio nicho de mercado pelas suas próprias habilidades.

Tenho certeza de que muitos produtos poderiam ser melhor vistos no mercado se fossem apresentados de forma mais autêntica.

É rídiculo um produto projetado para ser de alto consumo, custo baixo e qualidade dentro de um certo padrão mais baixo, ser comparado com outro feito para um mercado mais caro ou sofisticado.

E claro, temos vários produtos que se enquadram numa certa faixa, mas ainda, terão suas características próprias. Não existe um gosto único para tudo, assim como a expectativa de resultados é diferente de acordo com o consumidor.

Tem lugar para todos na minha opinião. Quem não é o melhor, pode ser o mais vendido.

Por exemplo, conheço pessoas que preferem detergentes líquido mais aguados (e mais baratos), simplesmente porque costumam colocar uma quantidade enorme na esponja. Não adianta trocar a marca, é um costume que preferem manter. Atitude desleixada, mas é uma escolha pessoal e isto já entra noutros problema, a educação e cultura do desperdício.

Voltando aos similares parecidos demais, lembrem, nem todos tem dinheiro para comprar bebidas importadas, mas ficam satisfeitos com uma sincera e bem feita bebida nacional.

(Ver  matéria original)


sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Liberdade de Religião

Freedom of Religion Means Any Religion.

Liberdade de Religião Significa Qualquer Religião.



.'. 

Leia outros artigos relacionados clicando nas tags abaixo:

Apedrejamento - Manifesto

É tão pervertido que especifica o tamanho das pedras e quanto
do corpo deve ficar de fora, para que o sofrimento dure mais.

As notícias sobre uma mulher que foi condenada a morte por apedrejamento no Irã, são pelo menos, a chance desta mulher ter uma morte menos violenta nalgum outro momento, ou como é comum de acontecer, simplesmente desaparecer.

Tento entender, como o islamismo, uma religião que tem nos seus escritos sagrados, algumas das mais belas palavras sobre a vida humana, tem dentro de si, tamanha crueldade e barbarismo.


Animalesco é o mínimo que posso pensar sobre tais atitudes. Mas observando um pouco mais, pelo tamanho da reação que certos assuntos causam naqueles povos, a coisa mais parece uma imensa aberração sexual, típica das maiores perversões.

As leis de cada país a muito deixaram de ser apenas coisas resolvidas a portas fechadas.

O mundo todo está em comunicação, e as pessoas não aceitam mais coisas como comprar produtos feitos pelo trabalho escravo, ou sentar-se a mesa de alguém que acha normal ficar mais de uma hora jogando pequenas pedras, para aumentar sadicamente o sofrimento de um apenado.



Homens e mulheres sofrem semelhante bárbaro e covarde martírio.

O Cristianismo, através da Inquisição praticou algumas das maiores atrocidades já vistas.

A culpa não é do estado se a religião é quem dita as regras.

Que mundo viveremos logo adiante?

Que mundo semeamos para nossos filhos?

Apedrejamento é uma ação tão pervertida quanto a pedofilia.
Covarde, cruel, bárbara, animalesca, primitiva e sub-humana.

Somos cidadãos do mundo, podemos dizer que buscamos uma vida honrada, ou apenas passamos um dia após o outros, inventando estórias para esconder nossos defeitos?

Alguns sites sobre o assunto, com textos e vídeos, inclusive de dissidentes. Opiniões políticas a parte, leia, olhe, pondere e chegue as suas próprias conclusões.

Atenção: os vídeos e imagens são realmente fortes.

Video of Stoning to Death 

6 Muslim Countries Inflict Death by Stoning

Afghan couple stoned to death by Taliban after their families turned them in when they tried to elope


Mais imagens no Google

.'.

Leia outros artigos relacionados clicando nas tags abaixo:

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Fale com o mundo com o celular tradutor do Google

Pessoas de diferentes costumes poderão buscar um mundo maior, e melhor.
Foto: mio yamada

O advento já previsto a décadas pelas obras de ficção, como Star Trek, de um aparelho capaz de traduzir conversas em línguas diferentes,  foi apresentado por Eric Schmidt, presidente do Google, durante palestra na IFA, feira de eletrônicos em Berlim, na Alemanha.

Isto acrescenta a possibilidade de ampliação social entre pessoas de países muito distintos, formando uma base cultural miscigenada e com isto, então, abrir oportunidades de negócios inimagináveis nos dias atuais.

Na prática, hoje as pessoas usam a internet para consultar o dados da loja do bairro, falar com alguém que mora perto. A maioria das pessoas sequer acessa sites distantes mais que 100km da sua casa.

Se ampliarmos o entendimento da linguagem, teremos a possibilidade de ampliar o entendimento e gerar novos costumes, com todo um universo de possibildiades resultantes.

Autoconhecimento e gestão de si mesmo serão itens diferenciais para os que forem liderar estas caminhadas.

E por que? Porque lidar com culturas diferentes de forma tão abrangente não se trata apenas de trato político, ou simples negócios. A tecnologia de tradução não converte costumes, ideais, conceitos, etc para o idioma do interlocutor.

É preciso escutar e ouvir.

E quem é capaz de ouvir a si mesmo, aprimorando práticas como meditação, autoconhecimento, busca de melhorias pessoais, suas e no seu relacionamento com os que estão ao redor, incluindo e principalmente, nas empresas, certamente terá melhor entendimento e aproveitamento das situações tanto quanto, a possibilidade de ser melhor compreendido e aceito.

A tecnologia está cada dia mais presente, mas sem evolução pessoal, sereis apenas máquinas.

Câmeras Digitais seriam Ovnis?

Foto: Drew Levin


Um amigo fez o seguinte comentário, bastante pertinente:

"Lembram que antigamente, quando ninguém tinha máquina à mão, aparecia um monte de fotos de ovnis por aí?
Hoje em dia TODO MUNDO tem câmeras digitais à mão. E as fotos sumiram...
então... as câmeras digitais são OVNIS!!!!..."



Meu comentário:

O que ocorre é que os circuitos eletrônicos dos aparelhos, principalmente os de uso doméstico, emitem freqüências que atuam diretamente nas pessoas.

Televisores são um ótimo exemplo disto. A imensa maioria dos "engenheiros", na verdade tornaram-se montadores de placas. Comentário feito por uma engenheira que (bastante tempo atrás) trabalhava na Itautec e durante muitos anos esteve na Telefunken (viu como faz tempo mesmo?). Eles tinham uma pseudo-documentação e diagramas dos circuitos, mas não podiam verificar se tratava-se realmente daquilo.

Os chips modernos então, nem se fala. São autênticos geradores radiônicos projetados sabe-se lá por quem.

Uma das coisas que também devemos considerar é o desenho das placas de circuito impresso. Aqueles desenhos, além de servir para conectar os componentes, também podem conter partes que atuam dinamicamente. Isto é estudado em radiônica e por aquilo que chamamos de "energia das formas".

Então, sugiro uma outra alternativa de pensamento, pois neste caso é importante e até vital, o desenvolvimento de uma consciência a respeito do assunto para que se possa elucidar e intuir os aspectos faltantes

Antes, utilizavamos câmeras baseadas em princípios óptico e químicos. E havia talvez, mais fotos de manifestações, dificilmente forjadas devido as imensas limitações dos equipamentos e a dificuldade de acesso a laboratórios, etc, que permitisse realizar as trucagens necessárias.

Logo mais, chegam as máquinas eletrônicas. Descontando a imensa quantidade de montagens de todo tipo que aparecem, simplesmente pela popularização dos recursos, notamos que pode ter havido uma redução de imagens que tenham um teor mais "confiável" quanto ao seu conteúdo.

Mas, lembram o que disse sobre os equipamentos eletrônicos terem embutidos mecanismos que podem interferir com as pessoas?

Não se trata das mera frequência eletromagnética, ou algum tipo de zumbido eletrônico, fruto de falta de filtragens adequadas. Trata-se justamente, de freqüências específicas, atuando de forma codificada e, interagindo com o ambiente e pessoas ao redor.

Pode ser que os avistamentos tenham se reduzido, mas também pode ser que justamente, os alvos dos avistamento estejam agora em nossas mãos, por toda parte.

Interessante lembrar que surgiu uma estória engraçada de que a ponta de metal das canetas BIC e outras, seriam sondas extraterrestres.

Ovnis, ou equipamentos projetados não se sabe ao certo por quem, mas bem possivelmente atuando e interferindo com as pessoas.


Isto também pode ser uma imensa piada de alguém.


.'.

Leia também

.'.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...